Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2021
Tempo
MIN 8º MÁX 14º

Edição

Angola com 100 novos casos e dois óbitos nas últimas 24 horas

Angola registou 100 novos casos de Covid-19, dois óbitos e 64 recuperações da doença, nas últimas 24 horas, informaram hoje as autoridades sanitárias.

Angola com 100 novos casos e dois óbitos nas últimas 24 horas
Notícias ao Minuto

20:09 - 28/10/21 por Lusa

Mundo Covid-19

Segundo o boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde Pública, metade das novas infeções foram registadas em Luanda, capital de Angola, enquanto as restantes no Huambo (16), Cabinda (14), Cuando Cubango (cinco), Cuanza Sul (cinco), Benguela (quatro), Huíla (duas), Uíje (duas), Bengo e Zaire (uma cada), com idades entre 3 meses e 65 anos, sendo 61 do sexo masculino e 39 do sexo feminino.

No que se refere às duas mortes, foram reportadas nas províncias de Benguela e do Cuando Cubango.

As recuperações da doença, com idades entre 1 e 81 anos, foram notificadas 34 em Luanda, 11 no Cuando Cubango, sete em Cabinda, cinco no Namibe, quatro na Huíla e três em Benguela.

Angola contabiliza 64.226 casos positivos, 1.705 óbitos, 53.180 recuperados da doença e 9.341 ativos, dos quais oito se encontram em estado crítico, 10 graves, 45 moderados, 38 leves e 9.240 assintomáticos.

Estão internados 101 doentes, em quarentena institucional 94 pessoas e sob vigilância epidemiológica 4.037 contactos.

Os laboratórios processaram, no mesmo período, 3.405 amostras por RT-PCR, com a taxa diária de positividade de 2,9%, apontando o cumulativo para 1.108.318 amostras processadas, com uma taxa de positividade de 5,8%.

A covid-19 provocou pelo menos 4.969.926 mortes em todo o mundo, entre mais de 244,94 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Leia Também: AO MINUTO: 3.ª dose a terminar nos lares; OMS dá exemplo de Portugal

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório