Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Japão. Manobras de navios russos e chineses são "demonstração de força"

O ministro da Defesa japonês, Nobuo Kishi, classificou hoje como uma "demonstração de força" as manobras conjuntas de navios militares de Rússia e China realizadas na semana passada próximo ao arquipélago do Japão.

Japão. Manobras de navios russos e chineses são "demonstração de força"
Notícias ao Minuto

11:21 - 26/10/21 por Lusa

Mundo Japão

"Esta é a primeira vez que confirmamos atividades numa escala tão grande e por um período tão longo", disse hoje Kishi numa conferência de imprensa, acrescentando que as manobras revelam "a grave situação de segurança na região".

"Acreditamos que esta é uma demonstração de força para o Japão", disse o ministro, sublinhando que tais exercícios "devem ser monitorizados do ponto de vista da paz e estabilidade regional".

O ministro dos Negócios Estrangeiros japonês, Toshimitsu Motegi, disse que Tóquio pediu explicações sobre as manobras de Pequim e Moscovo por via diplomática.

Uma flotilha de navios russos e chineses cruzou em 18 de outubro o estreito de Tsugaru, que tem menos de 19 quilómetros de largura e separa a ilha de Honshu, a maior do arquipélago japonês, e a de Hokkaido, águas não territoriais por serem consideradas uma passagem marítima internacional.

Cinco dias depois, uma dezena navios russos e chineses cruzaram outro estreito japonês, o de Osumi, no sudeste do arquipélago, antes de partirem para o mar do Sul da China.

Apesar de não constituir uma violação de suas águas territoriais, as manobras conjuntas de países vizinhos geraram preocupação no Japão, pois foi a primeira vez que tais exercícios foram realizados cruzando esses pontos do arquipélago japonês.

Acredita-se que os navios participavam em exercícios militares conjuntos que a China e a Rússia realizaram no Mar do Japão (também conhecido como Mar do Leste) entre 14 e 17 deste mês.

O Japão também participou, em meados de outubro, em manobras navais com os Estados Unidos, Austrália e Índia [países que compõem o chamado Diálogo de Segurança Quadrilateral (QUAD)] no Pacífico, num contexto de tensões crescentes na região devido aos últimos movimentos dos aliados e às atividades militares da China em torno de Taiwan.

Leia Também: Princesa do Japão casou-se com plebeu e saiu oficialmente da família real

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório