Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 15º

Edição

Polícia desativa granada encontrada por crianças em Moçambique

A polícia moçambicana desativou no sábado uma granada encontrada por crianças no centro de Moçambique, disse hoje à Lusa fonte da corporação.

Polícia desativa granada encontrada por crianças em Moçambique

O engenho foi encontrado por crianças que escalavam uma formação rochosa em Magige, distrito de Gurué.

"A granada estava escondida num buraco" suspeitando-se que "alguém no tempo da guerra civil [de 1976 a 1992] a guardou ali", disse à Lusa Sidner Lonzo, porta-voz do comando provincial da Zambézia. 

A descrição feita pelas crianças permitiu às autoridades agir e fazer a desativação sem provocar danos.

A polícia lidou este ano com outro caso semelhante na mesma província.

Crianças e um grupo de camponeses trabalhavam em terrenos agrícolas quando encontraram dois morteiros, igualmente desativados sem danos, explicou o porta-voz.

Engenhos explosivos perdidos, por desativar, são uma herança de tempos de conflito.

Moçambique declarou-se livre de minas antipessoais em 2015, ao cabo de mais de duas décadas de um programa de desminagem em todo o país - que na altura era um dos cinco mais ameaçados do mundo.

No entanto, incidentes com engenhos continuam a acontecer no centro de Moçambique.

O caso recente mais grave aconteceu em setembro de 2020, quando sete pessoas morreram na sequência do rebentamento de um engenho explosivo no distrito de Pebane. 

Meses antes, em março, três crianças morreram num campo de cultivo, após uma mina ter sido acionada por uma enxada, no distrito de Morrumbala.

Em novembro do mesmo ano, uma criança morreu e outras três escaparam com ferimentos, vítimas do que terá sido uma mina de guerra, esquecida numa horta em Moatize.

Outras minas foram detetadas no distrito de Namacurra e desativadas sem danos, graças a denúncias dos residentes.

No ano anterior, em 2019, só na província central da Zambézia, as autoridades já tinham desativado um total de sete minas, a maioria encontradas em terrenos que hoje estão junto a habitações.

Leia Também: Moçambique/Dívidas: Juiz diz que "há indícios" de crime de advogado

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório