Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Portal de notícias em Macau fecha portas devido a "mudanças ambientais"

O portal de notícias online Macau Concealers anunciou na terça-feira que iria encerrar a sua página "como resultado das mudanças ambientais e da escassez de recursos".

Portal de notícias em Macau fecha portas devido a "mudanças ambientais"
Notícias ao Minuto

14:48 - 20/10/21 por Lusa

Mundo Macau

A página deixou de funcionar às 00h00 do dia de hoje.

"Como resultado das mudanças ambientais e da escassez de recursos, Macau esconde a plataforma dos meios de comunicação social a partir das 00:00 do dia 20 de outubro de 2021; obrigado a todos pelo vosso apoio e correção ao longo dos anos", partilhou o portal, antes de encerrar.

O portal de notícias não especificou que "mudanças ambientais" levaram ao seu encerramento de portas.

Este portal foi fundado por membros da Associação Novo Macau, uma associação pró-democracia cujos membros foram impedidos de concorrer às eleições locais este ano por terem sido considerados "infiéis" ao território, em 2005, e em 2010 começou a ser publicado de forma independente.

Considerada uma revista satírica, a Macau Concealers teve sempre um papel critico com o 'status quo' no território.

Em 2014, dois membros da publicação de sátira política Macau Concealers (Roy Choi e Leung Ka Wai) foram detidos pela Polícia Judiciária de Macau.

Na origem da detenção esteve uma imagem divulgada pela Macau Concealers, através da sua página de Facebook, em que se pode ver um ecrã com a mensagem de agradecimento após a votação no referendo civil sobre o sufrágio universal juntamente com um cartão de identificação da Polícia Judiciária.

Numa carta aberta na terça-feira, do antigo presidente da Associação Novo Macau e cofundador e ex-diretor do portal, Jason Chao, e assinada também pelo ex-diretor adjunto Roy Choi lê-se que a suspensão abrupta da página dos meios de comunicação social dos Macau Concealers "deixou os leitores e antigos colaboradores surpreendidos e perplexos"

"Exortamos todos os responsáveis da Macau Concealers a tomarem medidas imediatas para preservar os conteúdos publicados na página dos Macau Concealers e disponibilizá-los para acesso público. Ninguém deve privar os futuros leitores da oportunidade de aprender as diferentes vozes que outrora existiam em Macau", concluíram.

Leia Também: Calar vozes discordantes impede desenvolvimento de Macau

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório