Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2021
Tempo
MIN 7º MÁX 12º

Edição

Minsk expulsa embaixador francês por não ter apresentado credenciais

O Ministério francês dos Negócios Estrangeiros confirmou hoje que o embaixador de Paris em Minsk, foi expulso no domingo por não ter apresentado credenciais ao Presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko.

Minsk expulsa embaixador francês por não ter apresentado credenciais

A França não reconhece a vitória do chefe de Estado da Bielorrússia nas eleições de agosto de 2020.  

O embaixador francês, Nicolas de Lacoste, abandonou Minsk no domingo e vai assumir o cargo de enviado especial para a Bielorrússia, mantendo-se a embaixada a funcionar, referiu um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Paris.

A expulsão de Lacoste é "injustificada" e ocorre após "varias decisões negativas" levadas a cabo por Minsk que "reduziram os meios de ação" da embaixada francesa na capital da Bielorrússia.

Assim, Paris indica que tomou "medidas proporcionais" sobre a embaixada de Minsk em Paris e que "já foram comunicadas às autoridades" da Bielorrússia.

O mesmo porta-voz acrescentou que Lacoste foi expulso depois de Minsk ter aguardado pelo final da autorização especial que foi acordada em 31 de agosto de 2020, depois de o embaixador se ter negado a apresentar as credenciais a Lukashenko "em coerência com a posição comum europeia de não reconhecer a legitimidade do resultado das presidenciais".

De acordo com as regras diplomáticas, disse o porta-voz, as credenciais foram apresentadas, na altura, ao ministro dos Negócios Estrangeiros da Bielorrússia. 

A França não reconheceu o resultado das eleições presidenciais do ano passada o que provocou manifestações de protesto no país depois de terem sido expostas pela oposição suspeitas de fraude por parte de Lukashenko que concorreu pela sexta vez ao cargo.

A União Europeia e os Estados Unidos adotaram sanções contra Minsk pela repressão contra as manifestações.

Leia Também: Embaixador francês na Bielorrússia deixa país após exigência de Governo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório