Meteorologia

  • 24 MAIO 2022
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 20º

Patronato disponível para apoiar Governo no combate aos raptos

A CTA - Confederação das Associações Económicas de Moçambique exigiu hoje mecanismos concretos para travar a onda de raptos no país, disponibilizando-se para apoiar o Governo materialmente para melhorar a eficiência das autoridades no combate aos crimes.

Patronato disponível para apoiar Governo no combate aos raptos

"Se for necessário apoio material para capacitar as unidades específicas que lidam com esta matéria de raptos, estamos disponíveis para coordenar uma campanha em que os empresários contribuem e apoiam o Governo para dar resposta", refere a maior entidade patronal em comunicado.

Para o patronato moçambicano, o crescente número de casos de raptos no país revela níveis de violência alarmantes no seio da sociedade, com impacto para o ambiente de negócios.

"A CTA condena estes crimes horrendos e reivindica veementemente que as entidades competentes acionem imediata e acertadamente os mecanismos para combater de forma eficiente, concreta e com resultados visíveis estes crimes", acrescenta o comunicado.

As principais cidades moçambicanas têm sofrido com uma onda de raptos que afeta principalmente empresários ou os seus familiares.

Na semana passada, duas pessoas, um médico e um empresário da área de restauração, foram raptadas em menos de uma hora na capital moçambicana.

Na sexta-feira, o filho mais velho do presidente da Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CE-CPLP), o moçambicano Salimo Abdula, foi raptado, embora este último caso tenha ocorrido na África do Sul, segundo a imprensa local.

O Presidente moçambicano anunciou em dezembro a possibilidade de criação de uma unidade policial anti-raptos para combater a onda de crimes que se regista nas principais cidades moçambicanas, com mais de 10 casos registados durante 2020.

Leia Também: Covid-19. Moçambique sem óbitos e com 17 novos casos

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório