Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2021
Tempo
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Colômbia esteriliza hipopótamos de Pablo Escobar

Traficante importou ilegalmente um casal. Hoje são mais de 80 os animais desta espécie no local.

O Governo colombiano decidiu esterilizar uma família de hipopótamos, legado de Pablo Escobar, depois desta se ter multiplicado ao longo dos anos e ter invadido várias terras em redor da quinta do traficante, a 'Hacienda Nápoles'.

De acordo com a BBC, o narcotraficante, morto em 1993 pela polícia, importou ilegalmente vários animais exóticos, entre os quais um casal de hipopótamos. A partir daí, os animais foram-se reproduzindo e hoje... são mais de 80.

Segundo vários ambientalistas, esta é a maior manada de hipopótamos fora de África. Por serem considerados uma espécie invasora na Colômbia causaram já estragos na fauna nativa. Por essa razão, o Executivo colombiano já esterilizou 24 dos 80 animais.

Em 1993, depois de terem morto Pablo Escobar, as autoridades encontraram várias espécies de animais exóticos na quinta do mesmo, distribuindo-os por vários jardins zoológicos. Contudo, não disseram nada quanto aos hipopótamos.

Especialistas acusam agora a polícia colombiana de se ter esquecido propositadamente dos animais no local, por serem difíceis de transportar.

“Era logisticamente difícil transportá-los, então simplesmente deixaram-nos lá. Pensaram que os animais morreriam”, disse à BBC a bióloga colombiana Nataly Castelblanco.

Contudo, como não têm predadores naturais na América do Sul, o que aconteceu foi o contrário. Os hipopótamos multiplicaram-se, afetando o ecossistema local de várias formas, como por exemplo ameaçando espécies nativas que estavam já em extinção.

Recorde-se que Pablo Escobar foi um dos mais conhecidos narcotraficantes do mundo. Foi fundador do cartel de drogas de Medellín, na década de 1980 e responsável por sequestros, bombardeamentos e homicídios. A certa altura, chegou a ser considerado um dos homens mais ricos do mundo.

Leia Também: Freira colombiana raptada em 2017 por radicais islâmicos foi libertada

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório