Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2021
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Financeiros do G20 comprometem-se a manter apoios à economia

Os ministros das Finanças e banqueiros centrais do Grupo dos 20 (G-20), reunidos em Washington, comprometeram-se hoje a evitar "qualquer retirada prematura" de apoios à economia, ao mesmo tempo que acompanham de perto as pressões inflacionistas.

Financeiros do G20 comprometem-se a manter apoios à economia
Notícias ao Minuto

06:09 - 14/10/21 por Lusa

Mundo G20

"Vamos continuar a apoiar a recuperação, evitando toda a retirada prematura das medidas de apoio, ao mesmo tempo que preservamos a estabilidade financeira e a viabilidade orçamental a longo prazo", segundo um comunicado publicado depois da reunião.

Os bancos centrais também se comprometeram a vigiar "de perto da evolução dos preços" e a comunicar de maneira transparente.

O compromisso com a ajuda à economia ocorre quando a inflação acelerou no mundo, sob o efeito de uma recuperação da procura depois da recessão de 2020, provocada pela pandemia do novo coronavirus.

As atenções estão focadas nos principais bancos centrais, designadamente a Reserva Federal (Fed) dos EUA, que deve decidir em novembro se começa a reduzir a sua ajuda à economia.

Os grandes banqueiros reuniram-se em Washington por ocasião das reuniões de outono do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial.

Sublinharam que vão utilizar "todos os instrumentos disponíveis o tempo que for necessário" para acompanhar as pessoas mais afetadas pela crise provocada pela pandemia: as mulheres, os jovens e os trabalhadores precários e pouco qualificados.

O FMI, que reduziu a sua previsão de crescimento mundial para 5,9% em 2021, depois de ter avançado seis por cento em julho, preveniu contra a grande diferença na recuperação associada a uma vacinação atrasada nos países em desenvolvimento.

Sobre a vacinação, adiantaram que vão esforçar-se "em ajudar a resolver os pontos de estrangulamentos e penúrias de instrumentos de luta contra o covid-19 nos países de rendimentos fraco e médios, durante os próximos meses".

Garantiram ainda o seu compromisso com a garantia de um "acesso seguro, equitativo e abordável às vacinas, aos produtos terapêuticos e aos diagnósticos".

Leia Também: G20 empenhado em fornecer ajuda humanitária ao Afeganistão

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório