Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2021
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Escolas de Nova Iorque impedidas por juiz de cumprir ordem de vacinação

As escolas da cidade de Nova Iorque foram impedidas, provisoriamente, por um juiz federal de recurso, de cumprir um mandado para vacinar professores e outros trabalhadores, poucos dias antes da sua entrada em vigor.

Escolas de Nova Iorque impedidas por juiz de cumprir ordem de vacinação
Notícias ao Minuto

18:22 - 25/09/21 por Lusa

Mundo Covid-19

A ordem para vacinar os trabalhadores do maior sistema escolar dos Estado Unidos foi dada para entrar em vigor na próxima segunda-feira.

No entanto, no final desta sexta-feira, um juiz do 2.º Tribunal de Recurso dos EUA concedeu uma providência cautelar e submeteu o caso a um coletivo de três juízes, de forma expedita.

A porta-voz do Departamento de Educação, Danielle Filson, disse que, na próxima semana, os funcionários tentarão que haja uma resolução rápida do tribunal.

"Estamos confiantes de que o nosso mandado de vacinação será cumprido, uma vez apresentados todos os factos, porque essa é a proteção que os nossos estudantes e funcionários merecem", disse Filson num e-mail.

A responsável adiantou que mais de 82% dos funcionários do departamento já foram vacinados.

Embora a maioria dos trabalhadores escolares tenha sido vacinada, os sindicatos que representam os diretores e professores da cidade de Nova Iorque advertiram que a medida poderia deixar aquele sistema escolar, de um milhão de alunos, com menos de 10.000 professores, juntamente com outros funcionários, tais como os de cafetaria e agentes da polícia escolar.

O presidente da câmara de Nova Iorque, Bill de Blasio, resistiu aos apelos para adiar a implementação do plano.

A covid-19 provocou pelo menos 4.725.638 mortes em todo o mundo, entre 230,52 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Leia Também: AO MINUTO: Subida nos cuidados intensivos; Casos ativos continuam a cair

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório