Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2021
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 27º

Edição

AO MINUTO: 56 mil jovens receberam hoje 2.ª dose; Brasil revê dados

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no resto do mundo.

AO MINUTO: 56 mil jovens receberam hoje 2.ª dose; Brasil revê dados

A situação pandémica continua a estabilizar em Portugal. Depois de ser notícia o facto de Portugal liderar, a nível mundial, a campanha de imunização da sua população contra a Covid-19, o responsável pela task force veio mesmo afirmar que a primeira "batalha" contra a doença "está ganha".

Motivos que deixam o país 'respirar de alívio'. mantendo-se contudo os alertas para a necessidade de se manterem cuidados essenciais na prevenção do contágio.

Com a vacinação da população quase completa, ganha força a ideia de uma terceira dose de reforço, pelo menos, para os cidadãos mais vulneráveis.

Nessa senda, esta sexta-feira, a ministra da Saúde, afirmou que "se for necessário", Portugal pode recorrer a uma nova dose da vacina contra a Covid-19 "para populações com uma especial fragilidade", embora "ainda não haja orientações nesse sentido" da Agência Europeia do Medicamento (EMA).

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Chegou ao fim este registo, mas o acompanhamento será retomado na manhã de domingo. Já sabe, acompanhe as comunicações das autoridades competentes e, caso tenha sintomas, contacte:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h50 - Brasil revê dados da pandemia. Há mais 935 mortes e 150.106 novos casos. Os dados revelados pelas autoridades de saúde brasileiras, este domingo, mostram que o país lusófono registou mais 935 mortes e 150.106 casos de Covid-19.

Estes indicadores, porém, não são apenas referentes à evolução epidemiológica das últimas 24 horas, estão aqui incluídos dados do estado de São Paulo ainda não divulgados e uma revisão dos indicadores do Rio de Janeiro. 

23h45 - Marcelo defende tratado global contra as pandemias e reforma da OMS. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu hoje que é urgente aprovar um tratado global contra as pandemias e reformar a Organização Mundial da Saúde (OMS), num quadro de reforço do diálogo e organizações globais.

23h05 - Franceses voltam à rua em protesto contra passe sanitário. Cerca de 80.000 manifestantes, dos quais 6.000 em Paris, protestaram hoje contra o passe sanitário em França pelo décimo sábado consecutivo, segundo o ministério do Interior, que observa que o movimento está a perder força.

Notícias ao Minuto Novas manifestações contra o certificado digital em França© Getty Images  

22h20 - Guiné-Bissau com 56 pessoas internadas e sem nenhuma morte em 48 horas, informou hoje o Alto Comissariado contra a doença no seu boletim diário de evolução da pandemia no país. Das 202 pessoas testadas, nove revelaram-se positivas à Covid-19.

21h08 - Cabo Verde regista duas mortes e 82 novos casos em 24 horas. Cabo Verde anunciou mais duas mortes provocadas pela Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 329 os óbitos associados à doença no país, que registou mais 82 infetados, informou hoje o Ministério da Saúde.

20h47 - Madeira com 13 novos casos e 125 situações ativas. As autoridades madeirenses diagnosticaram 13 novos casos de Covid-19 e mais 19 doentes recuperados nas últimas 24 horas, num dia em que sinalizaram 72 situações ativas e quatro pessoas estão hospitalizadas, informou hoje a Direção Regional de Saúde.

20h25 - Mais de 76 mil vacinas administradas hoje até às 19h deste sábado. Mais de 76 mil inoculações da vacina contra a Covid-19 foram realizadas hoje até às 19h00, de acordo com nova atualização dos dados da 'task force' que coordena o processo de vacinação.

Daquele total, mais de 56 mil foram segundas doses a utentes com idades entre os 12 e os 17 anos.

19h20 - Cerca de 8,13 milhões de pessoas com vacinação completa em Portugal até às 18h00 de hoje, de acordo com dados da 'task force' que coordena o processo de vacinação.

19h16 - Angola registou 99 novas infeções, 10 óbitos e 34 recuperações da pandemia de Covid-19, nas últimas 24 horas, informou hoje o Ministério da Saúde, subindo para 1.388 óbitos desde o início da pandemia.

18h14 - A Turquia já tem quase 43 milhões de pessoas com o esquema vacinal completo.

17h45 - Média de contágios e hospitalizações a descer no Reino Unido. O Reino Unido reportou, nas últimas 24 horas, mais 164 vítimas mortais e 30.144 novos casos de Covid-19, segundo dados oficiais revelados este sábado. 

17h18 - Com internamentos a descer, Itália soma mais 4.578 casos e 66 mortes. Em Itália, os dados da monitorização da pandemia mostram que, nas últimas 24 horas, foram registados no país mais 4.578 casos de Covid-19. Desde o início da pandemia, Itália soma 4.632.275 contágios.

16h55 - São Tomé e Príncipe com mais 15 casos e 19 recuperações em 24 horas, elevando o total de infetados desde o início da pandemia para 3.040, anunciaram hoje as autoridades do país.

16h45 - Moçambique sem mortes, com 75 casos e 369 recuperados. Moçambique não registou hoje qualquer morte por Covid-19, o que acontece pela terceira vez este mês, anunciou hoje o Ministério da Saúde no boletim diário sobre a pandemia.

15h34 - Açores com 17 novos casos e 10 recuperações. Os Açores registaram hoje 17 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 que provoca a doença Covid-19 e 10 recuperações, aumentando para 103 o número de casos ativos, revelou a Autoridade de Saúde Regional.

14h30 -  Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à Covid-19 e uma nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos.

13h00 - Identificada nova mutação da variante Delta. Investigadores britânicos identificaram uma nova mutação da variante Delta, no Reino Unido, que a pode tornar mais resistente à vacina. De acordo com a Sky News, há 19 casos identificados de Delta com E484K, 17 em Inglaterra e dois na Escócia.

A mutação em questão foi apelidada de 'Eeek' por causa das suas características de resistência à vacina. Apesar disso, não há provas, pelo menos ainda, que a E484K torne as vacinas inviáveis. A mesma continua a ser investigada mas, até ao momento, ainda não rotulada "preocupante".

12h27 - Diretor-geral da OMS visita Omã. Tedros Adhanom Ghebreyesus está de visita a Omã. A partir do país, através do Twitter, o diretor-geral da OMS elogiou o trabalho que os profissionais de saúde de Omã têm feito quanto à vacinação.

"Estou feliz por estar em Omã. Agradeço a todos os que têm trabalhado na vacinação contra a Covid-19 [...]. Parabenizo o país por já ter atingido a meta de vacinação de 40%.", escreveu Tedros nas redes sociais.

 

12h19 - Japão organiza festival mesmo em Estado de Emergência. O Japão está em festa este fim de semana, apesar de estar em Estado de Emergência. Espera-se que cerca de 20 mil pessoas visitem o festival de música Supersonic, no Zozo Marine Stadium, em Chiba, perto de Tóquio.

12h00 - Mais de 200 deteções na Austrália durante manifestação. As autoridades australianas detiveram, este sábado, 235 pessoas no estado de Victoria durante os protestos contra o confinamento.

De acordo com os meios de comunicação social locais, 193 pessoas foram detidas por violar as medidas sanitárias. As restantes foram detidas por diversos crimes, entre os quais desrespeito pelas forças de segurança.

Durante os protestos, seis polícias ficaram feridos, seis dos quais tiveram mesmo de ser hospitalizados. 

A Austrália está a passar, atualmente, pela pior vaga do país de infeções por Covid-19.

11h42 - Vacinas de 2.ª geração procuram prevenir infeção e travar transmissão. Evitar a infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e travar a transmissão é o objetivo das vacinas de segunda geração contra a Covid-19 que estão a ser desenvolvidas e que se estima poderem ser administradas ao longo de 2022.

11h25 - Mais de 20 mil casos num só dia na Rússia. As autoridades de saúde russas reportaram, este sábado, mais de 20 mil casos de Covid-19 em apenas 24 horas, um número que não era registado desde 22 de agosto.

Desde o início da pandemia, 7.254.754 casos de Covid-19 foram registrados nas 85 regiões da Rússia.

11h18 - Festa em Madrid juntou 25 mil pessoas. Cerca de 25 mil pessoas juntaram-se esta madrugada numa festa junto à Universidade Complutense de Madrid, em Espanha. De acordo com as autoridades, o estabelecimento de ensino não avisou a polícia do evento, pelo que esta não conseguiu preparar nenhuma operação de segurança.

"Desmobilizar 25 mil pessoas é uma tarefa quase impossível", atirou a polícia municipal, que esteve no local das 00h às 7h apenas para evitar incidentes.

11h07 - Conselho DGS. Testar é fundamental. O teste não evita a doença Covid-19, mas protege a todos.

10h31 - África com mais 389 mortes por Covid-19. Mais 389 mortes associadas à Covid-19 foram registadas em África nas últimas 24 horas, com o número de doentes recuperados a ser três vezes maior do que o das novas infeções, segundo os dados oficiais mais recentes hoje divulgados.

10h15 - Odemira quer reduzir "impacto psicológico" da pandemia. A cooperativa Taipa, com sede em Odemira (Beja), está a dinamizar um projeto-piloto para prevenir e reduzir o "impacto psicológico" da pandemia de covid-19 entre a população do concelho, foi hoje anunciado.

09h30 - Fernando Nobre "devia ser proibido de exercer medicina". O médico Gustavo Carona mostrou-se desiludido com as declarações do Presidente da AMI contra as restrições por causa da pandemia. No Expresso da Meia Noite, o profissional de saúde disse que Fernando Nobre "devia ser proibido de exercer medicina", visto que, este é contra a vacina da Covid-19 e o uso de máscaras.

09h19 - Índia já administrou 25 milhões de vacinas. A Índia distribuiu 25 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 durante uma campanha especial de vacinação, organizada no aniversário do primeiro-ministro Narendra Modi.

08h57 - Tensão entre manifestantes e polícia na Austrália. Centenas de manifestantes saíram às ruas, este sábado, para protestar contra o confinamento e as medidas para impedir o contágio da Covid-19 na Austrália. Durante o protesto registaram-se alguns momentos de tensão entre a polícia e os manifestantes.

Para o local foram destacados cerca de 2 mil agentes. Alguns manifestantes enfrentaram as autoridades e ultrapassaram a barreira policial. Foram ainda atirados objetos contra os elementos das forças de segurança e alguns, que caíram no chão, foram mesmo espezinhados.

08h26 - Certificados de vacinação emitidos por países terceiros reconhecidos para viagens aéreas. Os certificados de vacinação e de recuperação emitidos por países terceiros passam a ser reconhecidos para viagens aéreas, deixando de ser exigido teste negativo e quarentena quando esta seja aplicável em função da respetiva origem, anunciou hoje o Governo.

08h02 - Segundo a edição de hoje do Nascer do Sol, o responsável pela Task Force da vacinação é contra uma terceira dose da vacina contra a Covid-19, pelo menos enquanto não houver uma justificação científica para a mesma. A publicação alega que, após a reunião do Infarmed, o vice almirante Gouveia  e Melo terá afirmado que a pressão para uma terceira dose generalizada da vacina está a ser movida mais por interesses comerciais do que por evidências da sua necessidade.

07h35 - Disciplina orçamental da UE não deve prejudicar políticas de crescimento. O ministro dos Negócios Estrangeiros alertou sexta-feira que os países da Zona Euro devem "preservar a disciplina orçamental", mas sem prejudicar a recuperação económica europeia e a criação de emprego, após a crise pandémica.

07h30 - EUA realizam cimeira Covid-19 à margem da Assembleia Geral da ONU. O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai realizar uma cimeira virtual sobre a Covid-19 na quarta-feira, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, anunciou a Casa Branca.

07h20 - A Alemanha regista, este sábado, mais 8.901 casos de Covid-19 e 63 mortes. Em termos acumulados, e de acordo com o Instituto Robert Koch (RKI), o país tem agora 4.134.779 casos de infeção e 92.920 vítimas mortais, desde o início da pandemia.

07h17 - A China registou hoje 46 novos casos de covid-19, 31 dos quais por contágio local, diagnosticados na província de Fujian, na província de Yunnan, no sudeste da China, informaram as autoridades.

07h15 - Casa Branca recorre de decisão que proíbe norma sanitária para expulsar. O governo do presidente Joe Biden recorreu na sexta-feira de uma decisão de um juiz federal que proíbe o uso de uma norma sanitária para expulsar os migrantes com crianças que sejam intercetados na fronteira com o México. A norma invocada pelo executivo do ex-presidente, Donald Trump, pretende evitar a entrada de migrantes na fronteira, com o pretexto de impedir a expansão do novo coronavírus.
  

07h10 - A vacina da Moderna é a mais eficaz contra a hospitalização por Covid-19, à frente da vacina da Pfizer e da dose única da Johnson & Johnson, de acordo com um novo estudo divulgado esta sexta-feira pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos da América. 

Leia Também: AO MINUTO: EUA aprova reforço vacinal a idosos; Mu já no Rio de Janeiro

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório