Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

AO MINUTO: "Desta vez vai discutir-se ampla abertura. Parece outro mundo"

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no resto do mundo.

AO MINUTO: "Desta vez vai discutir-se ampla abertura. Parece outro mundo"

Portugal registou, nas últimas horas, mais dez mortes e 1.247 novos casos relacionados com a Covid-19. Ao mesmo tempo, o número de pessoas internadas continua a diminuir, registando-se o número mais baixo em mais de dois meses. 

Recorde-se que o país alcançou 80% da população totalmente vacinada, sendo que segundo a task force, a população idosa já está toda imunizada. 

Amanhã, peritos e políticos voltam a reunir-se no Infarmed, antevendo-se que do encontro resulte mais um passo no processo de desconfinamento. 

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Boa noite! Este acompanhamento AO MINUTO termina aqui, mas será retomado na manhã seguinte. Já sabe, em caso de sintomas, contacte a Linha de Saúde 24 (808 24 24 24) e siga as recomendações. Se ainda não está vacinado contra a Covid-19, e se está elegível para o ser, recorde-se que está em vigor a modalidade Casa Aberta, podendo dirigir-se a qualquer posto de vacinação do país. 

23h05 - Fim de quase todas as restrições à vista? Os peritos deverão sugerir amanhã o levantamento de praticamente todas as restrições no âmbito da pandemia, conforme apuraram o Público e a SIC Notícias, o que dá força às declarações de hoje de Marcelo:  "Desta vez já se vai discutir abertura, muito abertura, ampla abertura [...]. Parece outro mundo".

23h00 - A embaixada de Portugal na Guiné-Bissau entregou hoje às autoridades sanitárias guineenses 76 mil doses de vacinas da AstraZeneca, que para a coordenadora do combate à Covid-19 ajuda o país a "reforçar o arsenal de vacinas".

22h20 - Reunião no Infarmed? "Desta vez já se vai discutir abertura. Parece outro mundo" O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse hoje estar feliz por participar, na quinta-feira de manhã, na reunião do Infarmed com "a melhor situação" relativa à pandemia "em ano e meio". Marcelo Rebelo de Sousa admitiu que costumava "ir sempre com o coração pequeno -- e às vezes pequeníssimo -- para as reuniões do Infarmed, tais os números de casos, tais os números de internamentos em cuidados intensivos e tais os números de mortes". "Desta vez já se vai discutir abertura, muito abertura, ampla abertura [...]. Parece outro mundo", adiantou.

21h30 - Evolução no Brasil. As autoridades de saúde brasileiras reportaram, esta quarta-feira, mais 800 mortes devido à Covid-19 e 14.780 novos casos da doença. De acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), a taxa de letalidade no Brasil, neste momento, é de 2,8%.

20h00 - Evolução em França. As autoridades de saúde francesas reportaram, esta quarta-feira, mais 9.144 casos de Covid-119 e 79 mortes relacionadas com a doença. No total, desde que a pandemia atingiu França, 6.926.604 foram infetadas com o novo coronavírus e 115.829 morreram.

19h30 - Evolução na Madeira. A Madeira registou hoje 12 novos casos de covid-19 e 15 recuperações, indicou a Direção Regional da Saúde, referindo que o total de infeções ativas no arquipélago é agora de 157, com cinco doentes hospitalizados.

19h10 - Máscara? Lacerda Sales pede cautela. O secretário de Estado Adjunto e da Saúde destacou os rácios de vacinação que Portugal alcançou, mas lembrou que o uso da máscara deve ser norteado pelo bom senso, até porque "sabemos que vamos entrar numa fase do ano onde [a máscara] também nos protege de outras doenças"

19h00 - Evolução em Espanha: A Espanha registou 3.723 novos casos de infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, tendo o Ministério da Saúde espanhol também notificado mais 90 mortes atribuídas à doença durante esse período.

18h00 - "Taxa de vacinação é invejável". Presidente da República disse hoje que a taxa de vacinação anticovid-19 em Portugal "é invejável" na União Europeia (UE), ao chegar quase aos 82% da população com vacinação completa, o que permitiu "o começo da mudança"

17h30 -  Pademia ameaça décadas de esforços da conservação da vida natural em África. A pandemia de Covid-19 provocou pressões sobre as reservas de vida natural em África que ameaçam comprometer o sucesso de décadas de conservação, refere um inquérito da Tusk and Natural State junto de 60 organizações em 19 países africanos.

17h07 - A Comissão Económica das Nações Unidas para África (UNECA) considerou hoje que a compra de vacinas contra a covid-19 em conjunto pelos países africanos foi "um marco histórico", mas alertou que o continente está longe da imunidade de grupo.

17h00 - Surto no Amadora-Sintra. O Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca detetou hoje oito casos de Covid-19 em doentes internados no serviço 'Ortopedia A' e já ativou o plano de contingência para conter e mitigar o risco de contágio, disse fonte hospitalar.

16h45 - Evolução em Itália . Itália reporta esta quarta-feira mais 4.830 novos casos de infeção e 73 mortes relacionadas com a Covid-19, indica a atualização feita pelas autoridades sanitárias.

16h30 - Evolução no Reino Unido: O Reino Unido registou a morte de 201 pessoas e 30.597 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com os últimos dados das autoridades de Saúde.

15h54 - IEFP. As regras da procura de emprego para os beneficiários do subsídio de desemprego voltaram à normalidade, mas os centros do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) vão manter, "sempre que possível", a utilização dos canais à distância.

15h30 - O sistema nacional de farmacovigilância detetou 41 casos de "suspeita de falência vacinal" em pessoas que receberam a vacina da Janssen, 36 dos quais foram considerados graves, adiantou hoje a Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed).

15h29 -  O ministro da Educação destacou hoje o trabalho das escolas, agradecendo aquilo que considerou ser um esforço de todas as comunidades possíveis para garantir um novo ano letivo tão normal quanto possível.

15h25 - "Nós já ganhámos a este vírus". O responsável pela 'task-force' que coordena o programa de vacinas contra a covid-19, vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, assumiu hoje que Portugal "já ganhou a este vírus".

"Nós já ganhámos a este vírus, pelo menos, a primeira batalha está ganha e isso é um grande alívio para todos nós", assumiu hoje o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo em Viseu, na cerimónia de abertura da Escola secundária Alves Martins, onde estudou com 15 anos

15h30 - Portugal com mais dez mortes e 1.247 casos. Portugal registou, nas últimas horas, mais dez mortes e  1.247 novos casos relacionados com a Covid-19. Os dados constam no mais recente boletim epidemiológico, revelado esta quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). No total, desde o início da pandemia, o nosso país somou 17.882 óbitos e 1.058.347 contágios confirmados. A incidência e o Rt seguem a descer. 

Já no que aos internamentos diz respeito, há hoje 527 pessoas em hospitais devido à Covid-19 (menos 24), sendo que, destes, 119 (mais três) se encontram em Unidades de Cuidados Intensivos. O número de internados é o mais baixo desde 1 de julho (509), há dois meses e meio.

Leia Também: AO MINUTO: Portugal com menor n.º de internados em mais de dois meses

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório