Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Cabo Verde já recebeu 615 mil vacinas doadas sobretudo pela Europa

Cabo Verde já recebeu mais de 615 mil doses de vacinas contra a covid-19, doadas sobretudo por países europeus e essencialmente da AstraZeneca, segundo dados oficiais compilados hoje pela Lusa.

Cabo Verde já recebeu 615 mil vacinas doadas sobretudo pela Europa
Notícias ao Minuto

10:02 - 15/09/21 por Lusa

Mundo Covid-19

De acordo com os registos do ministério da Saúde, o arquipélago tinha recebido até 05 de setembro 559.050 doses de vacinas e na segunda-feira, 13 de setembro, chegou ao aeroporto da Praia um novo donativo de 56.000 doses, do Governo do Luxemburgo, também da AstraZeneca.

A doação daquele país europeu foi a primeira de um objetivo estabelecido pelo Luxemburgo de entregar 350 mil doses de vacinas a países parceiros, começando assim por Cabo Verde.

"Chegou ao nosso país em boa hora, quando estamos a fazer um grande esforço para vacinar a nossa população, com a colaboração dos nossos parceiros bilaterais, incluindo a iniciativa COVAX. Mais de 70% da população adulta com pelo menos uma dose já foi vacinada e pretendemos, até finais de outubro, atingir os 85%", afirmou Ulisses Correia e Silva, depois da entrega do donativo luxemburguês.

As primeiras doações de vacinas chegaram a Cabo Verde em março passado, através do mecanismo COVAX, lançado pela Organização Mundial da Saúde e financiado por vários parceiros internacionais, como a União Europeia. Chegaram na altura 24.000 doses de vacinas AstraZeneca (as únicas produzidas na Índia administradas no arquipélago até agora) e 5.800 da Pfizer.

Portugal já fez duas doações de vacinas, em maio e em julho, totalizando 48.000 doses da AstraZeneca. Igualmente daquele fabricante foram doadas a Cabo Verde mais 100 mil doses pela Hungria em junho, 150.050 doses pelos Países Baixos em julho e 150 mil doses pela Eslovénia (cujo transporte foi assegurado pelo instituto Camões, de Portugal) em setembro.

Antes, Cabo Verde recebeu ainda 31.200 doses também da AstraZeneca da França, através do mecanismo COVAX, e 50 mil doses da Sinopharm doadas pela China.

O plano de vacinação contra a covid-19 em Cabo Verde abrange para já apenas adultos e a primeira meta é vacinar 70% da população. A população elegível (todos acima dos 18 anos) para a vacinação no arquipélago ronda as 370 mil pessoas e as vacinas recebidas em Cabo Verde até ao momento já são suficientes (duas doses) para mais de 300 mil pessoas.

Oficialmente, até ao dia 12 de setembro, a taxa de vacinação nacional rondava os 74% da população adulta com a primeira dose e 25% já com a segunda dose administrada. Contudo, municípios das ilhas de Santo Antão e São Nicolau já têm praticamente toda a população adulta já vacinada com pelo menos uma dose.

A meta de vacinar 85% da população adulta até final de outubro é justificada com a necessidade de relançamento do turismo a tempo do próximo inverno na Europa, época alta da procura turística pelo arquipélago por parte dos países emissores, num setor que representa 25% do Produto Interno Bruto cabo-verdiano e está praticamente parado desde março de 2020, devido à pandemia.

"O esforço de recuperação e relançamento da economia vai ser duro, mas vamos conseguir. Nós, os cabo-verdianos, os parceiros, o setor empresarial nacional, os investidores externos, iremos juntos ultrapassar a fase mais difícil e relançar a economia", apontou o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

Leia Também: Movimento nos portos de Cabo Verde com recorde de passageiros em agosto

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório