Meteorologia

  • 04 OUTUBRO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 31º

Confrontos entre agricultores e pastores no Chade provocam 22 mortos

Vinte e duas pessoas morreram no sábado em confrontos entre agricultores e pastores no Chade, 200 quilómetros a leste da capital, N'Djamena, numa região onde são frequentes conflitos entre estas comunidades, avançou a Agência France Presse (AFP).

Confrontos entre agricultores e pastores no Chade provocam 22 mortos
Notícias ao Minuto

21:58 - 08/08/21 por Lusa

Mundo Chade

"O conflito começou com uma disputa de terras entre as duas comunidades, uns querem instalar-se e os outros impedem-nos de fazê-lo. O conflito opõe os Boulala, agricultores sedentários, aos Arabes, pastores nómadas" na localidade de Zohana, explicou a governadora da província de Hadjer-Lamis, no centro do Chade, Amina Kodjiana, em declarações à AFP.

O balanço é de "22 mortos e 18 feridos", afirmou.

De acordo com o ministro da Comunicação e porta-voz do Governo, Abdramane Koulamallah, foram enviadas "forças de segurança que mantêm a ordem desde sábado" naquela zona.

Os conflitos entre estas comunidades são frequentes no centro e no sul do Chade, onde muitos habitantes possuem armas. Os Boulala acusam os Arabes de destruírem as terras ao apascentarem ali os seus animais.

Em dezembro do ano passado, onze pessoas morreram no sul do Chade em confrontos entre Boulala e Arabes. Em fevereiro, registaram-se mais 35 mortes na mesma região.

Leia Também: Ataque do Boko Haram no Chade faz pelo menos 24 mortos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório