Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2021
Tempo
20º
MIN 16º MÁX 28º

Edição

Gerações mais novas reconhecem cada vez mais justeza das lutas de Savimbi

A UNITA considerou que as gerações mais novas "reconhecem a justeza das lutas de Jonas Savimbi", líder fundador do maior partido da oposição angolana, que hoje completaria 87 anos. 

Gerações mais novas reconhecem cada vez mais justeza das lutas de Savimbi
Notícias ao Minuto

16:35 - 03/08/21 por Lusa

Mundo Angola

Numa mensagem por ocasião da data, a União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA) sublinha que entre 1992, quando se realizaram as primeiras eleições em Angola, e 2002, ano em que morreu em combate Jonas Savimbi, apesar das adversidades nacionais e internacionais, o seu líder fundador "foi um firme promotor da paz, para a qual doou inclusive a própria vida".

"Hoje, mesmo as gerações mais novas reconhecem a justeza das lutas de Jonas Savimbi e a sua causa ganha, cada dia, mais simpatias", referiu a nota. 

Segundo a UNITA, "como homem de pensamento e sobretudo de ação, os seus feitos marcaram 'ad eternum' a história de Angola e conquistaram admiradores, indefetíveis seguidores e também inimigos que, felizmente, são cada vez mais reduzidos em número". 

Os 87 anos do nascimento de Jonas Savimbi estão a ser comemorados pela UNITA, sob o lema "Fiéis ao pensamento de Jonas Savimbi - Mobilizemos os patriotas para a alternância do poder".

Para a UNITA, "é justo afirmar" que o seu líder fundador viveu para ser "um excecional despertador de consciências, um patriota, um nacionalista e um pan-africanista do mais alto quilate, um visionário perspicaz, um raro revolucionário de extraordinária coragem: intelectual, moral e física".

"Um verdadeiro líder transformador, carismático e de vanguarda, um generoso distribuidor de saberes, um incansável difusor de convicções e um servo da liberdade para o homem universal", acrescenta-se na nota. 

"Por isso, Jonas Savimbi é a inesgotável fonte de inspiração da nossa força anímica de modo a trabalharmos, sem cessar, para o triunfo do seu projeto de sociedade para Angola", sublinha o partido. 

Jonas Malheiro Savimbi nasceu em 03 de agosto de 1934, na localidade de Munhango, província do Bié, e foi morto em combate pelas forças armadas angolanas a 22 de fevereiro de 2002. 

Leia Também: Ensino superior angolano com quase 145 mil vagas autorizadas para 2020/21

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório