Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

EMA aprova uso da vacina da Moderna para jovens entre os 12 e 17 anos

Estudo demonstra que a vacina da Moderna contra a Covid-19 tem a mesma eficácia nesta faixa etária que tem na população adulta.

EMA aprova uso da vacina da Moderna para jovens entre os 12 e 17 anos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) aprovou, esta sexta-feira, a administração da vacina da Moderna contra para a Covid-19 para jovens menores de idade entre os 12 e os 17 anos.

Em comunicado, o regulador europeu esclareceu que os efeitos da vacina da Moderna foram monitorizados e analisados através de um estudo que "envolveu 3.732 crianças, com idades entre 12 e 17 anos".

Os resultados desta investigação revelaram que a vacina em causa produz uma resposta de anticorpos nesta faixa etária específica igual à observada em jovens adultos com idades entre os 18 a 25 anos. Ou seja, que é igualmente "eficaz" contra o novo coronavírus. 

Ainda segundo a EMA, este estudo demonstrou que, contudo, as mesmas reações adversas que foram verificadas nos adultos foram também identificadas nestes jovens, designadamente, entre as mais comuns: dor no local da injeção, cansaço, dor de cabeça, dores musculares e articulares, calafrios, náuseas, vómitos e febre. 

"A segurança e eficácia desta vacina tanto em crianças como em adultos vai continuar a ser monitorizada de perto à medida que os planos de vacinação nos Estados-membros vão avançando, através do sistema da farmacologia da União Europeia e estudos adicionais realizados pela empresa e pelas autoridades europeias", pode ler-se ainda. 

A vacina da Moderna já tinha recebido 'luz verde' da EMA para ser administrada em pessoas a partir dos 18 anos. A primeira vacina contra a Covid-19 a ser aprovada pelo regulador europeu para menores foi a da Pfizer, em maio deste ano, sendo agora possível a sua administração em jovens entre os 12 e os 15 anos.

António Costa anunciou na quarta-feira, durante o debate sobre o Estado da Nação, que o país está preparado para vacinar contra a Covid-19 jovens entre 12 e 17 anos em meados de agosto antes do início do ano letivo. Contudo, a Direção-Geral da Saúde (DGS) ainda não tomou uma decisão formal sobre a matéria.

Leia Também: AO MINUTO: Internados e Rt descem; 'Luz verde' a vacina Moderna em jovens

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório