Meteorologia

  • 03 AGOSTO 2021
Tempo
23º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Casal acusado de homicídio após baby shower provocar incêndio

Chamas estiveram ativas durante dois meses.

Casal acusado de homicídio após baby shower provocar incêndio

Um casal nos EUA, cujo evento de revelação do sexo do bebé provocou um incêndio que deflagrou durante dois meses e matou um bombeiro, foi acusado de homicídio involuntário.

Refugio Manuel Jimenez Jr. e Angela Renee Jimenez decidiram organizar, a 5 de setembro, um baby shower para revelar o sexo do bebé que esperavam,  no El Dorado Ranch Park, na Califórnia.

O casal decidiu recorrer a um sistema pirotécnico, que indicaria o sexo do bebé (azul para menino, rosa para menina). Contudo, neste dia, as temperaturas eram elevadas e o fumo e o dispositivo acabou por provocar um incêndio que, rapidamente, se propagou.

O casal chamou de imediato os bombeiros e tentou apagar as chamas com recurso a garrafas de água, mas sem sucesso, tendo as chamas alastrado para as montanhas de San Bernardino. O incêndio demorou dois meses a ser extinto e um bombeiro morreu no combate.

Notícias ao Minuto Bombeiro morreu no combate às chamas© Getty  

O incêndio terá destruído 56 mil metros quadrados de terra, cinco casas, e danificado quatro propriedades antes de ser finalmente extinto a 16 de novembro.

Leia Também: Risco máximo de incêndio em 21 concelhos do Norte e Centro e do Algarve

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório