Meteorologia

  • 20 MAIO 2022
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 34º

Rússia pede aos EUA para terminarem bloqueio económico a Cuba

Moscovo pediu hoje a Washington que levante o bloqueio económico a Cuba, medida que a Rússia considera ser fundamental para pôr fim às manifestações que abalaram a ilha no domingo.

Rússia pede aos EUA para terminarem bloqueio económico a Cuba
Notícias ao Minuto

13:42 - 15/07/21 por Lusa

Mundo Cuba

"Se em Washington estão realmente preocupados com a situação humanitária em Cuba e querem ajudar os cubanos comuns, deviam começar (...) por revogar o bloqueio, rejeitado desde o início por toda a comunidade internacional", declarou em comunicado a diplomacia russa.

A porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Maria Zakarova, pediu a Washington para "assumir posições objetivas, pondo fim à hipocrisia e às políticas de dupla intenção", de forma a permitir que "os cubanos e o seu Governo resolvam os seus problemas e decidam o seu destino".

Zakarova pediu ainda aos Estados Unidos para deixarem de se "intrometer nos assuntos de um Estado soberano".

No domingo, milhares de cubanos saíram às ruas no domingo para protestar contra o Governo, num protesto que resultou em dezenas de detenções e confrontos com as autoridades policiais, levando mesmo o Presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, a pedir aos seus apoiantes para saírem à rua em nome da Revolução.

Os protestos, os mais fortes que ocorreram em Cuba desde o chamado "maleconazo", de agosto de 1994, ocorreram com o país mergulhado numa grave crise económica e sanitária, com a pandemia fora de controlo e uma grave escassez de alimentos, remédios e outros produtos básicos, além de longos cortes de energia.

Zakarova criticou ainda as declarações oficiais da Casa Branca sobre a situação na ilha, depois de o Presidente norte-americano, Joe Biden, ter responsabilizado o Governo cubano pela instabilidade.

"O cinismo especial de Washington reside no facto de ter realizado uma estratégia de estrangulamento do país, discriminação contra o seu povo e destruição da economia, ao longo da existência da Cuba revolucionária", denunciou a porta-voz da diplomacia russa.

Leia Também: Republicanos consideram "vergonhosa" resposta de Biden à crise em Cuba

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório