Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2021
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

AO MINUTO: 4 mil casos em breve por cá; Vacinação obrigatória em França?

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no mundo.

AO MINUTO:  4 mil casos em breve por cá; Vacinação obrigatória em França?

A situação epidemiológica no país continua na trajetória ascendente. Esta quinta-feira foram reportados mais 2.449 novos casos e cinco óbitos, sendo que mais de 1.300 contágios chegam da região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT). Desde o início da pandemia, Portugal tem 882.006 casos, 830.224 recuperados, e 17.101 óbitos .  

Esta quinta-feira é também dia de novas decisões do Governo sobre o plano de (des)confinamento, confirmando-se que se juntam a Lisboa, Sesimbra e Albufeira mais 16 concelhos com regras mais apertadas devido ao aumento do número de infeções.

Por outro lado, o Conselho de Ministros determinou a limitação de circulação na via pública a partir das 23 horas (até às 5h00) nos 45 concelhos com risco elevado e muito elevado. A restrição de entradas e saídas da Área Metropolitana de Lisboa (AML), ao fim de semana, mantém-se. 

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no mundo:

23h40 -  Vacinação Covid-19 em França. O primeiro-ministro francês estará a preparar um projeto de lei para tornar a vacinação obrigatória para os profissionais de saúde, incluindo os que trabalham em lares, para travar uma possível 4ª vaga do vírus, avançou hoje a imprensa. 

23h15 - Portugal lidera vacinação na UE na média dos últimos sete dias. Portugal é o país da União Europeia com mais doses diárias da vacina contra a covid-19 por cem habitantes administradas, em média, nos últimos sete dias, indica hoje o site estatístico Our World in Data.

23h00 - O Brasil atualizou os dados da pandemia, somando esta quinta-feira mais 65.163 infetados com o novo coronavírus, elevando para 18.622.304 o total de diagnósticos de Covid-19 desde o início da pandemia. De acordo com a atualização feita pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), nas últimas 24 horas, morreram 2.029 pessoas devido à doença. 

22h20 - País pode chegar aos 4 mil casos em breve.  Analisando a situação epidemiológica, o investigador Carlos Antunes afirmou que a taxa média de incidência dos últimos cinco dias é de 202 casos por 100 mil habitantes, com tendência para aumentar, com uma taxa diária de aumento da incidência de 5,1% ao dia, o que corresponde a uma duplicação de casos a cada 12 dias. "Estamos a chegar aos 2.000 casos diários e, portanto, a duplicação de 12 dias significa que há um potencial de que daqui a 12 dias poderemos estar nos 4.000 casos".

21h25 - Rui Moreira "muito preocupado". O presidente da Câmara do Porto afirmou hoje estar "muito preocupado" com a situação pandémica e considerou que as medidas aplicadas ao concelho vão ter "um fortíssimo e negativo impacto" na vida dos portuenses e na economia.

21h00 - Surto em Arouca. Um surto de covid-19 numa instituição particular de solidariedade social de Arouca alastrou a diversos estabelecimentos educativos desse concelho do distrito de Aveiro, obrigando ao encerramento da Escola EB2, revelou hoje a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte.

19h00 - O coordenador do plano nacional de vacinação contra a Covid-19 assegurou hoje que, apesar das "comunicações falhadas" nos agendamentos da vacinação feitos diretamente pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS), as pessoas não deixam de ser vacinadas.

"Um milhão de comunicações sem resposta não significa que me tenham escapado um milhão de pessoas por vacinar, porque não escaparam", reafirmou à Lusa o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, frisando que, além do contacto feito ao utente pelo SNS via SMS, há o agendamento "online" feito pelo utente e, mais recentemente, a iniciativa "casa aberta", que permite às pessoas a partir dos 50 anos serem vacinadas no centro de saúde com a primeira dose e sem agendamento prévio, caso não o tenham conseguido pelas outras vias.

18h10-  O Presidente da República defendeu, esta quinta-feira, que a limitação da circulação na via pública a partir das 23 horas nos concelhos com risco elevado e muito elevado "é a utilização de uma lei que já existe", considerando a medida "perfeitamente legal, perfeitamente constitucional". Esta é justificada "por um objetivo de intervir seletivamente, como tem feito o Governo, nas situações mais graves".

Nesse sentido, "penso que temos de continuar todos a fazer um esforço com cabeça fria, não é estar a adotar um caminho que se adotou numa situação muitíssimo mais grave - em que se chegou a 16 mil casos por dia e 300 mortos".

Para situações diferentes tem que se encontrar soluções diferentes. E a solução encontrada agora não é uma solução nem de Estado de Emergência nem de confinamento total em todo o território, mas de intervenções seletivas em função da situação dos municípios, Marcelo Rebelo de Sousa

18h00 - Tem 30 anos ou mais? pode fazer o autoagendamento da vacina contra a Covid-19. A nova faixa etária foi aberta na tarde desta quinta-feira. De recordar que, anteriormente, apenas os residentes com 33 anos ou mais podiam usufruir do serviço. 

17h20 - Em isolamento profilático, António Costa presidiu ao Conselho de Ministros à distância. "Presidi, à distância, à reunião de hoje do Conselho de Ministros. Continuamos a trabalhar para controlar a pandemia e alavancar a recuperação económica do nosso País", deu conta, no Twitter. 

17h00 - Paralelamente, mantém-se a proibição de circular de e para a Área Metropolitana de Lisboa (AML) no próximo fim de semana, no âmbito das medidas restritivas de combate à pandemia de Covid-19, anunciou Mariana Vieira da Silva. 

16h55 - Concelhos a laranja, com risco elevado: Alcochete, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Avis, Braga, Castelo de Vide, Faro, Grândola, Lagoa, Lagos, Montijo, Odemira, Palmela, Paredes de Coura, Portimão, Porto, Rio Maior, Santarém, São Brás de Alportel, Sardoal, Setúbal, Silves, Sines, Sousel, Torres Vedras e Vila Franca de Xira.

Quais as regras nestes concelhos, além da limitação da circulação na rua a partir das 23h? 

• Teletrabalho obrigatório quando as atividades o permitam;
• Restaurantes, cafés e pastelarias podem funcionar até às 22h30 (no interior, com um máximo de 6 pessoas por grupo; em esplanada, 10 pessoas por grupo);
• Espetáculos culturais até às 22h30;
• Casamentos e batizados com 50 % da lotação;
• Comércio a retalho alimentar, não alimentar e prestação de serviços até às 21h00;
• Permissão de prática de todas as modalidades desportivas, sem público;
• Permissão de prática de atividade física ao ar livre e em ginásios;
• Eventos em exterior com diminuição de lotação, a definir pela Direção -Geral da Saúde (DGS);
• Lojas de Cidadão com atendimento presencial por marcação

16h49 - Concelhos a vermelho, com risco muito elevado: A Lisboa, Albufeira e Sesimbra juntaram-se mais 16 concelhos. Almada, Amadora, Barreiro, Cascais, Constância, Loulé, Loures, Mafra, Mira, Moita, Odivelas, Oeiras, Olhão, Seixal, Sintra e Sobral de Monte Agraço. 

Quais as regras nestes concelhos, além da limitação da circulação na rua a partir das 23h? 

• Teletrabalho obrigatório quando as atividades o permitam;
• Restaurantes, cafés e pastelarias podem funcionar até às 22h30 durante a semana e até às 15h30 ao fim de semana e feriados (no interior, com um máximo de 4 pessoas por grupo; em esplanada, 6 pessoas por grupo);
• Espetáculos culturais até às 22h30;
• Casamentos e batizados com 25 % da lotação;
• Comércio a retalho alimentar até às 21h00 durante a semana e até às 19h00 ao fim de semana e feriados;
• Comércio a retalho não alimentar e prestação de serviços até às 21h00 durante a semana e até às 15h30 ao fim de semana e feriados;
• Permissão de prática de modalidades desportivas de médio risco, sem público;
• Permissão de prática de atividade física ao ar livre até seis pessoas e ginásios sem aulas de grupo;
• Eventos em exterior com diminuição de lotação, a definir pela DGS;
• Lojas de Cidadão com atendimento presencial por marcação.

16h44 - O Governo anunciou, esta quinta-feira,  uma limitação de circulação na via pública a partir das 23 horas nos concelhos com risco elevado ou muito elevado (2 x 120 de incidência ou 240). 

Notícias ao Minuto
© Governo  

16h40 - Mariana Vieira da Silva já fala ao país depois do Conselho de Ministros, começando por apelar ao cumprimento das regras de segurança: "O país está numa situação em que é necessário manter as regras, usar máscara, manter regras de etiqueta respiratória e higienização de mãos e se evitem aglomerados". É preciso "evitar comportamentos de risco", insistiu. 

"Não temos neste momento condições para considerar a pandemia controlada", disse a ministra da Presidência, referindo que a incidência é significativamente mais alta e crescente nos grupos etários dos 15 aos 29 anos, dos 30 aos 34 anos, e dos 0 aos 44 anos, e significativamente mais baixa nos grupos já vacinados. "Significa que as vacinas resultam e têm os seus efeitos".

Acompanhe a declaração da ministra da Presidência: 

16h30 - Itália atualizou os dados da pandemia esta quinta-feira, somando mais 882 casos de infeção e 21 mortes. No total, desde o início da pandemia, o país registou 4.260.788 contágios e 127.587 mortes relacionadas com a Covid-19. 

16h15 - O Reino Unido reporta esta quinta-feira mais 27.989 casos de infeção e 22 mortes relacionadas com a Covid-19, elevando assim para 4.828.463 o número de contágios desde o início da pandemia e para 128.162 o número de mortes. Numa fase de crescimento da pandemia, os números de hoje refletem o maior aumento nos últimos cinco meses. 

Os dados divulgados hoje indicam que o Reino Unido registou 146,360 infeções nos últimos sete dias, o que traduz um aumento de 71,8% em relação à semana anterior. O número de mortes também tem aumentado. Nos últimas sete dias morreram 114 pessoas, um aumento de 10,7%. 

16h00 - Vacinação prossegue. As pessoas entre os 18 e os 29 anos começam a ser vacinadas contra a Covid-19 na próxima semana e estão a ser analisadas estratégias para convencer os mais jovens a vacinarem-se, anunciou hoje a task force. 

15h40 - Vacina alemã não atinge 'mínimos' de eficácia. A vacina desenvolvida pelo laboratório alemão CureVac demonstrou apenas 48% de eficácia contra a covid-19, de acordo com os resultados definitivos dos ensaios clínicos, mas o laboratório quer, ainda assim, comercializá-la, adiantou a AFP.

15h40 - Albufeira. GNR deteve um homem e uma mulher, em Albufeira, que se encontravam a violar o confinamento obrigatório a que estava sujeito.  Os militares deparam-se com o casal fora da sua residência, vindos de um supermercado, quando se encontravam em confinamento obrigatório determinado por autoridade de saúde, faz saber a autoridade em comunicado. 

15h35 - A Alemanha admitiu hoje um desagravamento da avaliação de Portugal, atualmente na "lista vermelha" de viagens por ser uma "zona de variantes" do SARS-CoV-2, devido à também expectável progressão da variante Delta no território alemão.

15h30 - Surto em Torres Vedras. Um surto de covid-19 detetado há quase dois meses entre trabalhadores agrícolas, na sua maioria estrangeiros, em Torres Vedras, mantém-se ativo, agora com 21 infetados, segundo o último boletim epidemiológico deste município.

15h20 - Vacinas na UE eficazes contra variantes. As quatro vacinas contra a covid-19 aprovadas na União Europeia parecem proteger contra todas as variantes em circulação na Europa, incluindo a Delta, predominante em Portugal, adiantou hoje a Agência Europeia do Medicamento (EMA).

15h15 - A situação epidemiológica no país continua na trajetória ascendente. Esta quinta-feira foram reportados mais 2.449 novos casos e cinco óbitos, sendo que mais de 1.300 contágios chegam da região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT). A subir seguem também os internamentos. Desde o início da pandemia, Portugal tem 882.006 casos, 830.224 recuperados, e 17.101 óbitos.

15h10 - Que decisões sobre o (des)confinamento vêm aí? O Governo prepara-se para anunciar novas decisões sobre o plano de desconfinamento, sendo de prever que mais concelhos se juntem a Lisboa, Sesimbra e Albufeira devido ao aumento do número de infeções. Para já, o Conselho de Ministros ainda decorre. 

15h00 - Boa tarde! Siga-nos AO MINUTO e fique a par de todos os desenvolvimentos sobre a pandemia, numa altura em que a situação epidemiológica se agrava em Portugal

Leia Também: AO MINUTO: Mais de 1.300 casos (só) em LVT. Internamentos seguem subir

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório