Meteorologia

  • 23 JULHO 2021
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

"Eu chego como quiser". Bolsonaro insulta jornalista por causa de máscara

Momento de indignação acontece em altura em que o país atingiu as 500 mil vítimas mortais da pandemia.

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, indignou-se contra uma jornalista, esta segunda-feira, à chegada a um evento em Guaratinguetá, São Paulo, quando esta o confrontou com o facto de este não estar a usar máscara.

"Eu chego como quiser, onde eu quiser, eu cuido da minha vida. Se você não quiser usar máscara, você não usa", respondeu-lhe, visivelmente indignado, o chefe de Estado do país. 

Bolsonaro, que usava máscara no momento da entrevista, retirou-a em seguida, provocando a jornalista e ignorando o decreto do governo do Estado de São Paulo que obriga a utilização da máscara em locais públicos, sejam eles a céu aberto ou fechados, escreve a Reuters.

“Estou sem máscara em Guaratinguetá. Está feliz agora? Você está feliz agora? Essa Globo é uma m**** de imprensa! Vocês são uma porcaria de imprensa! Cala a boca! Vocês são canalhas! Vocês fazem um jornalismo canalha! Canalha! Que não ajudam em nada!”, acrescentou.

As declarações de Bolsonaro acontecem depois de o país ter atingido a marca de 500 mil mortos no sábado.

O Brasil, que enfrenta uma terceira vaga da pandemia, está entre os três países mais afetados em todo o mundo, juntamente com os Estados Unidos e com a Índia, totalizando 502.586 mortes e 17.966.831 casos.

Leia Também: Leitores "arrepiados" com capa em branco pelas 500 mil mortes no Brasil

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório