Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2021
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Polícia da Nicarágua detém quinto potencial candidato às presidenciais

Além dos eventuais rivais do presidente Daniel Ortega nas eleições deste ano, a polícia já deteve uma dúzia de figuras da oposição.

Polícia da Nicarágua detém quinto potencial candidato às presidenciais

A polícia nicaraguana deteve o jornalista Miguel Mora ao abrigo da controversa lei da traição – uma lei que dá ao governo o poder de proibir candidatos de concorrerem a cargos públicos se forem considerados traidores da Nicarágua. Mora é o quinto potencial candidato às eleições presidenciais a ser detido nas últimas três semanas, revela a BBC.

Esta vaga de detenções acontece a cinco meses das eleições, às quais o presidente Daniel Ortega deverá concorrer para tentar assegurar o quarto mandato consecutivo.

A polícia justificou a detenção de Miguel Mora, o antigo diretor do canal de televisão da oposição 100% Noticias, por “incitar a interferência estrangeira em assuntos internos e requisitar uma intervenção militar”.

Além de Mora, os outros potenciais candidatos às presidenciais recentemente detidos são: Félix Maradiaga, um ativista político; Juan Sebastián Chamorro, um economista; Cristiana Chamorro, a filha da antiga presidente Violeta Chamorro; e, Arturo Cruz, antigo embaixador da Nicarágua.

Mas não foram detidos apenas possíveis candidatos às eleições presidenciais. A polícia nicaraguana também deteve uma dúzia de outras figuras da oposição.

Leia Também: América Central e Espanha exortam Nicarágua a libertar oposição

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório