Meteorologia

  • 30 JULHO 2021
Tempo
20º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Líder supremo iraniano pede ampla participação popular nas presidenciais

O líder supremo iraniano, Ali Khamenei, pediu hoje uma ampla participação popular nas eleições presidenciais de sexta-feira para anular as pressões dos inimigos e dar "mais dignidade" ao sistema teocrático do país.

Líder supremo iraniano pede ampla participação popular nas presidenciais
Notícias ao Minuto

18:19 - 16/06/21 por Lusa

Mundo Irão

"Todos os centros do poder satânico no mundo que se opõem à República Islâmica também se opõem às eleições e, com as suas ferramentas políticas e mediáticas, procuram manipular o povo contra as eleições", advertiu o dirigente.

Durante um discurso transmitido pela televisão, Ali Khamenei declarou que "a participação popular dará mais dignidade ao sistema da República Islâmica".

"Você determina o destino do país com o seu voto (...). A República Islâmica é feita com a participação do povo", sublinhou, ciente de que as sondagens mostram que a intenção de participação é baixa, entre 38% e 45%.

No seu discurso, Khamenei pediu aos iranianos que ignorem aqueles que desencorajam a população, citando "inimigos" externos e de dentro do país.

Na sua opinião, os inimigos visam "desestimular a população" para que esta se abstenha nas eleições, visto que "na verdade, pretendem enfraquecer o sistema".

"Se a participação do povo for reduzida, teremos maior pressão do inimigo", alertou.

"Todos os iranianos devem participar nas eleições, independentemente dos seus gostos políticos", enfatizou Khamenei, acrescentando que uma alta participação dará "maior poder ao Presidente para usar o potencial do país".

Dirigindo-se àqueles que estão em dúvida se irão votar ou àqueles que acham que as eleições são inúteis, o dirigente afirmou que "têm o direito de não participar, mas devem ter presente que não ir às urnas não resolverá os problemas".

Mais de 59 milhões de iranianos vão às urnas na sexta-feira para eleger o novo Presidente, numa eleição marcada pela presença maioritária de candidatos conservadores, entre os quais se destaca o responsável pelo poder judiciário iraniano, Ebrahim Raisi.

Leia Também: Dois candidatos às presidenciais do Irão desistem a 48 horas das eleições

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório