Meteorologia

  • 22 JULHO 2024
Tempo
33º
MIN 18º MÁX 37º

Ucraniana pede ajuda "antes que seja tarde demais"

Chama-se ‘Sou ucraniana’ e é um vídeo que retrata, na primeira pessoa, a situação em Kiev. O objetivo é alertar para os confrontos que ocorrem no país, solicitando a ação da comunidade internacional, “antes que seja tarde de mais”.

Notícias ao Minuto

16:42 - 19/02/14 por Ana Matos Neves

Mundo Vídeo

No seguimento do agravar dos confrontos na Ucrânia, uma nativa fez um vídeo onde fala sobre o que está a acontecer no seu país.

Na gravação, colocada no YouTube, jovem explica o porquê de “milhares de pessoas (…) estarem nas ruas”: “Queremos ser livres de uma ditadura, queremos ser livres dos políticos que trabalham apenas para si mesmos, que permitem que os militares alvejem, batam e firam as pessoas, apenas para salvarem o seu dinheiro, apenas para salvarem as suas casas, apenas para salvarem o seu poder”, frisa.

Esta ucraniana quer, por conseguinte, “que estas pessoas (…) que têm dignidade e coragem, vivam uma vida normal”. “Somos pessoas civilizadas, mas o nosso governo é bárbaro”, acrescenta.

Além disso, “sei que que amanhã não teremos telefone, ligação à internet e que ficaremos isolados. E talvez a polícia nos vá matar um a um. É por isso que peço para nos ajudarem. Temos esta liberdade dentro de nós, temos este sentimento na nossa mente. E agora peço-vos para ajudar a construir esta liberdade no nosso país”.

A forma de ajudar é simples. Segundo a jovem, basta que se fale sobre este caso, o que pode ser feito, por exemplo, através da partilha deste vídeo.

“Por favor, contactem os vossos governantes e exijam que eles apoiem os ucranianos na sua luta pela liberdade e pela democracia. Antes que seja tarde de mais”, lê-se ainda no texto que aparece no final.

Intitulado ‘I Am a Ukrainian’, o vídeo foi colocado na internet no passado dia 10 de fevereiro e já teve quase um milhão de visualizações.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório