Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 23º

'Memorial Day': Veterano destacou papel dos negros e cortaram-lhe o som

Organização do evento, para homenagear os mortos em combate, confirmou que cortou o som de propósito, alegando que aquela parte "não era relevante para o programa".

'Memorial Day': Veterano destacou papel dos negros e cortaram-lhe o som
Notícias ao Minuto

17:08 - 03/06/21 por Notícias ao Minuto

Mundo Racismo

Um veterano reformado estava a fazer um discurso, no feriado do 'Memorial Day', data em que se homenageiam os militares americanos que morreram em combate, quando o seu microfone foi silenciado pouco depois de referir o papel dos negros na celebração daquele dia.

O tenente-coronel Barnard Kemter pensou, como toda a gente, que se tratava de uma falha técnica, pedindo assistência durante o discurso, que continuou, mesmo com o microfone desligado. Agora, de acordo com o Akron Beacon Journal, sabe-se que a organização do evento, em Hudson, Ohio, desligou o microfone de propósito por causa daquilo que estava a dizer.

O som foi cortado numa parte do discurso em que o veterano explicava como um grupo de negros alforriados esteve entre os primeiros a comemorar o que agora se conhece como 'Memorial Day', depois da derrota dos esclavagistas da Conferedação (Estados Confederados da América) em 1865.

Pode assistir, abaixo, a partir do minuto 00:46.

Memorial Day 2021 from Hudson Community Television on Vimeo.

A mesma publicação escreve que uma das organizadoras, Cindy Suchan, tinha revisto o discurso antes do evento e pediu-lhe para remover aquela parte, algo que o veterano optou por não fazer, culminando, então, na tentativa de silenciamento daquela secção. Suchan indicou ao jornal que aquela parte "não era relevante para o programa do dia" e que "o tema do dia era honrar os veteranos de Hudson".

Ao Washington Post, o veterano declarou que, primeiramente, pensou que se tratava de uma falha técnica, justificando a sua decisão de manter aquela parte no discurso. "Ao longo da história tem havido muita discussão sobre quem celebrou o primeiro 'Memorial Day'. Com este discurso, escolhi elucidar as pessoas sobre as origens do 'Memorial Day' e a razão pelo qual o celebramos".

O veterano disse estar desapontado por se confirmar que foi censurado: "Isto não é o país pelo qual lutei".

Leia Também: Biden pede ajuda para acabar com "raízes do racismo sistémico" nos EUA

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório