Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Mais de 30 cães queimados vivos em abrigo de animais russo

O casal, proprietário do abrigo de animais, disse que se tratou de um "incêndio criminoso" e que foram encontrados cocktails molotov no local.

Mais de 30 cães queimados vivos em abrigo de animais russo

Dezenas de cães morreram queimados depois de terem sido utilizados cocktails molotov para atear fogo a um abrigo de animais abandonados na Rússia. Mais de 30 cães - na sua maioria idosos e doentes - foram mortos no incêndio que começou pelas 02h00, em Yekaterinburg, uma cidade perto dos Montes Urais. 

A proprietária Galina Volkova, que mora no abrigo, disse à imprensa local que lutou contra o fumo denso e conseguiu salvar cerca de 30 cães, mas não conseguiu resgatar os outros antes que o prédio fosse tomado pelas chamas.

Também Galina precisou de tratamento hospitalar depois de ter entrado repetidamente no prédio para ajudar a tirar os animais.

A polícia está agora a investigar o incêndio como criminoso. Segundo Sergei, marido de Galina foram encontradas garrafas cheias de gasolina e parafusos nos escombros.

Leia Também: Japonês come frango assado e conserva esqueleto para 'museu pessoal'

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório