Meteorologia

  • 14 JUNHO 2021
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 31º

Edição

Austrália quer regressar aos níveis de imigração pré-pandémica até 2022

A Austrália espera alcançar em 2022 a normalidade na quota de acesso aos trabalhadores estrangeiros e os níveis de entrada antes da pandemia, uma vez reabertas as suas fronteiras internacionais.

Austrália quer regressar aos níveis de imigração pré-pandémica até 2022
Notícias ao Minuto

06:55 - 10/05/21 por Lusa

Mundo Covid-19

De acordo com dados do parlamento da Austrália, um país que depende da imigração em vários setores laborais, perdeu 71.600 migrantes no corrente ano fiscal, algo que não acontece desde a Segunda Guerra Mundial.

"As fronteiras [internacionais] reabrirão quando for seguro fazê-lo, e quando isso acontecer, a migração líquida do estrangeiro aumentará, incluindo os migrantes qualificados", disse hoje o ministro do Tesouro, Josh Frydenberg, ao jornal Sydney Morning Herald.

Antes da pandemia, o Governo australiano procurava trabalhadores qualificados para irem para as cidades intermédias e do interior para impulsionar o seu desenvolvimento.

Mas com a crise da covid-19, o Governo ordenou o encerramento das fronteiras internacionais, o que impediu a entrada de novos imigrantes, e reservou ajuda financeira apenas aos seus residentes e cidadãos, forçando milhares de estrangeiros com vistos temporários a regressar a casa depois de perderem os seus empregos.

"Esses trabalhadores qualificados desempenham um papel muito importante em toda a economia, mas não vamos comprometer a segurança pública ou a recuperação económica afastando-nos dos conselhos médicos", disse o ministro do Tesouro, que entregará o Orçamento Federal de 2021-22 na terça-feira.

A Austrália procura acelerar a sua recuperação económica no meio de preocupações com a escassez de trabalhadores como programadores informáticos, veterinários ou cozinheiros, entre outros.

O país oceânico acumula quase 30.000 casos de covid-19, incluindo 910 mortes, a maioria delas devido a falhas nos protocolos de segurança nos centros de quarentena para viajantes internacionais detetados em meados de 2020 na cidade de Melbourne.

Leia Também: Menina de cinco anos separada dos pais devido a restrições na Austrália

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório