Meteorologia

  • 12 MAIO 2021
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 22º

Edição

Eleitorado em França, Alemanha, Itália e Reino Unido cada mais à direita

O eleitorado em França, Alemanha, Itália e Reino Unido vota cada vez mais maioritariamente à direita, segundo uma investigação publicada hoje pela Fundação para a Inovação Política (Fondapol).

Eleitorado em França, Alemanha, Itália e Reino Unido cada mais à direita

"O autoposicionamento político no eixo esquerda-direita revela um deslocamento à direita do eleitorado europeu. (...) Fortes correntes de direita operam em França", observou o estudo.

Quando falta cerca de um ano para eleições presidenciais em França, "toda a questão é se esse realinhamento à direita beneficiará uma direita de governo ou a extrema-direita", acrescentou a Fondapol nas conclusões do estudo.

Em cinco anos, a proporção de franceses à direita do espetro político "aumentou continuamente, de 33% em 2017 para 38% em 2021", destaca o estudo.

No mesmo período, a proporção de cidadãos de esquerda manteve-se estável (25% em 2017 e 24% em 2021).

"Este estudo conduz também à constatação de um fracasso da esquerda", resume a Fondapol, que estima "que há vários anos já não consegue impor um imaginário coletivo".

Em termos de migração, 63% dos franceses dizem-se resistentes à abertura e 62% dos cidadãos acreditam que o Islão "representa uma ameaça à República".

Esse medo é partilhado por 81% dos votantes de direita contra 45% dos eleitores de esquerda.

O diagnóstico de um movimento de direita da sociedade "baseia-se aqui na assimilação de valores à cultura de direita, incluindo o nacionalismo pela questão da identidade, o liberalismo económico e o liberalismo político indexado ao individualismo", analisaram os autores do documento.

À escala europeia, esse "deslocamento" para a direita está presente em cada um dos quatro países considerados: 44% dos italianos estão à direita (31% à esquerda), 40% dos britânicos votam à direita (25% à esquerda), em França são 38% dos eleitores que preferem a direita (24% à esquerda) enquanto na Alemanha, 36% do eleitorado vota à direita (26% à esquerda).

A investigação foi realizada em França, Alemanha, Itália e Reino Unido e abrangeu 7.603 pessoas entre 20 de janeiro e 10 de fevereiro de 2021 pelo instituto de pesquisas Opinion Way.

Leia Também: Eleições regionais de Madrid, Taxa de participação de 28,44% às 13h

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório