Meteorologia

  • 10 MAIO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

Polícia faz operação na maior fação criminosa do Brasil

A Polícia Federal do Brasil realizou hoje uma operação e deteve cinco suspeitos de participarem do núcleo financeiro responsável pelo branqueamento de capitais do tráfico de drogas, realizado pela fação Primeiro Comando da Capital (PCC), a maior do país.

Polícia faz operação na maior fação criminosa do Brasil
Notícias ao Minuto

18:45 - 03/05/21 por Lusa

Mundo Brasil

De acordo com as autoridades, a operação Tempestade é um desdobramento da operação Rei do Crime.

A Polícia Federal brasileira informou em comunicado o cumprimento de quatro mandados de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária e o sequestro patrimonial e bloqueio de valores dos investigados.

Também foi autorizada a interdição judicial de seis empresas, 22 mandados de busca e apreensão, distribuídos entre as cidades de São Paulo, Tietê, Guarujá, Rio de Janeiro e Brasília, além da interdição de atividade de um contador. A investigação tramita na 6ª. Vara Criminal Federal de São Paulo.

"A investigação da Polícia Federal possibilitou a identificação, localização e sequestro de valores no valor aproximado de 30 milhões de reais [4,6 milhões de euros], consubstanciado em imóveis, veículos e interdição de seis empresas, bem como o bloqueio de valores em contas das pessoas físicas e jurídicas no limite de 225 milhões de reais [34,5 milhões de euros]", disseram as autoridades brasileiras.

O dinheiro foi identificado através de informações fornecidas pelo antigo Conselho de Controlo de Atividades Financeiras (COAF), que descobriu que o grupo investigado realizou operações financeiras atípica com valores superiores a 700 milhões de reais (107,3 milhões de euros).

"De acordo com o que foi apurado, o núcleo financeiro identificado atuava em benefício de fação criminosa e atualmente vinha desenvolvendo atividades voltadas ao branqueamento de dinheiro do tráfico de drogas e da corrupção, tendo como 'modus operandi' a entrega física de valores a suspeitos de práticas ilícitas, que eram os beneficiários dos saques em espécies", destacou o comunicado.

As autoridades acrescentaram que a investigação apontou ainda um esquema de abertura de empresas fictícias utilizadas para a realização de depósitos de valores numa instituição financeira cujo papel no alegado esquema era providenciar os saques dos valores e posterior entrega, em espécie, a terceiros com indícios de envolvimento em atividades ilícitas.

Leia Também: Mais de 80 personalidades pedem encerramento de Guantánamo

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório