Meteorologia

  • 12 MAIO 2021
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 22º

Edição

Japão aumenta significativamente meta de redução de CO2 até 2030

O Japão aumentou o objetivo de redução das suas emissões de CO2 de 26% para 46% até 2030 em relação aos níveis de 2013, anunciou hoje o primeiro-ministro, Suga Yoshihide.

Japão aumenta significativamente meta de redução de CO2 até 2030
Notícias ao Minuto

11:41 - 22/04/21 por Lusa

Mundo Clima

"Queremos baixar as nossas emissões de gás com efeito de estufa para 46% no ano fiscal de 2030 (que se inicia a 1 de abril), por comparação com o ano fiscal 2013", declarou Suga numa reunião.

O anúncio da terceira economia mundial ocorre pouco antes do início da cimeira virtual mundial sobre o clima organizada pelos Estados Unidos, que devem apresentar também um objetivo mais ambicioso em relação à redução das suas emissões de gás com efeito de estufa.

O Japão era em 2019 o quinto país entre os maiores emissores de CO2 no mundo, atrás da China, Estados Unidos, Índia e Rússia, segundo a plataforma 'online' Global CO2 Atlas.

O arquipélago nipónico continua muito dependente de energias fósseis (gás natural que importa liquefeito e carvão, nomeadamente), especialmente porque limita muito o recurso à energia nuclear desde a catástrofe de Fukushima em 2011.

Suga anunciou no ano passado a meta de alcançar a neutralidade de carbono no Japão até 2050, alinhando-se com o calendário da União Europeia, mas ainda não pormenorizou vários passos importantes para o conseguir.

Na quarta-feira, a União Europeia prometeu uma redução de pelo menos 55% das suas emissões de gases com efeito estufa até 2030 em comparação com 1990.

Mais de 40 líderes mundiais, entre os quais o chinês Xi Jinping, o russo Vladimir Putin e o francês Emanuela Macron, reúnem-se virtualmente a partir de hoje e durante dois dias para discutir o aquecimento global, numa cimeira convocada pelo Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. O ministro português do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, intervém na cimeira.

Biden convidou os líderes dos 17 países responsáveis por cerca de 80% das emissões globais de gases com efeito de estufa e do produto interno bruto (PIB) mundial, países que demonstraram uma "forte liderança climática" e países especialmente vulneráveis às alterações climáticas.

Leia Também: Dia da Terra: Greve Climática Estudantil nas ruas

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório