Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

AO MINUTO: J&J adia vacinação na Europa; Indicadores com subida ligeira

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: J&J adia vacinação na Europa; Indicadores com subida ligeira

Portugal caminha a passos largos para o 'amarelo' da matriz de risco, apresentada por António Costa há umas semanas. Com o R(t) a subir e a incidência também a aumentar, esta será uma semana de difíceis decisões para o Governo e que poderão condicionar a última fase do desconfinamento.

Hoje, realizou-se mais uma das reuniões no Infarmed, na qual os peritos e especialistas vão dar todas as novidades sobre a situação pandémica portuguesa ao Executivo e representantes dos partidos políticos.

Também esta terça-feira, o Presidente da República faz mais uma ronda pelos partidos políticos para os ouvir sobre a renovação do Estado de Emergência.

Quanto a números, Portugal reportou, esta terça-feira, mais cinco mortes e 408 casos de Covid-19.

Os países a registarem os piores números da pandemia continuam a ser Índia, EUA e Brasil.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

16h00 - Termina aqui este registo, mas poderá continuar a acompanhar as próximas atualizações em relação à Covid-19 em Portugal e no mundo aqui

15h46 - A Agência Europeia do Medicamento sublinhou hoje que ainda está "a investigar" os casos de tromboembolismo detetados após a administração da vacina da Johnson & Johnson e alertou que, "para já, não se sabe se há relação causa-efeito".

15h23 - A FDA (regulador norte-americano do medicamento) está, neste momento, a fazer uma conferência de imprensa sobre a suspensão da vacina da Johnson & Johnson (J&J).

Janet Woodcock, comissária da agência, começou por salientar que a segurança das vacinas é da máxima prioridade da FDA e que, por isso, decidiram suspender o uso da Johnson & Johnson, depois de identificados casos extremamente raros, mas graves, de coágulos sanguíneos.

A suspensão permitirá assim à FDA e aos Centros de Controlo e Prevenção da Doença ajustarem as recomendações em relação a estas vacinas.

15h17 - O matemático Óscar Felgueiras defendeu hoje a criação de um novo indicador, "incidência vizinha", que teria como vantagens sinalizar risco associado à proximidade de zonas mais críticas e evitar a sobrevalorização de surtos em pequenos concelhos.

15h09 - João Cotrim Figueiredo falou aos jornalistas, ao início da tarde desta terça-feira, após a reunião, por videoconferência, com o Presidente da República.

Para o deputado do Iniciativa Liberal o desconfinamento deve continuar porque "os dados são positivos" e Marcelo Rebelo de Sousa deve usar da sua influência para colocar um ponto final na obrigatoriedade do teletrabalho e na reabertura dos espaços recreativos e dos parques infantis.

"É crucial manter o sentido de urgência nos planos de testagem, rastreio e sobretudo de vacinação", realçou, acrescentando que "é altura de Portugal retomar o seu trabalho e a sua vida".

Sobre a possibilidade de este Estado de Emergência ser o último, Cotrim Figueiredo revelou que Marcelo Rebelo de Sousa "não se comprometeu" com isso.

15h05 - No Reino Unido, o desconfinamento começou ontem. Após meses sem poder socializar, foram muitos os britânicos que saíram à rua para conviver. Contudo, o distanciamento social nem sempre foi cumprido, nem o uso de máscaras, como pode ver (e está a ser criticado) nas redes sociais.

15h03 - A Escócia vai reabrir os pubs, lojas e restaurantes a 26 de abril.

15h00 - Cerca de 1.5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 atrasada, anunciou o ministro da Saúde do Brasil, Marcelo Queiroga.

14h49 - O presidente do Governo dos Açores declarou hoje que a situação epidemiológica na região está "controlada", com sete ilhas sem casos ativos, uma, a Terceira, com apenas um caso, e São Miguel a merecer "algumas preocupações".

14h40 - A Johnson & Johnson (J&J) vai atrasar a distribuição da vacina da Covid-19 na Europa, depois de os EUA terem relatado seis casos de trombose, ou seja, casos semelhantes aos verificados com a vacina da AstraZeneca e que levaram muitos países europeus a recomendar que esta apenas seja usada em pessoas mais velhas, que parecem ser mais poupadas a este fenómeno.

14h31 - A porta-voz do CDS-PP, Cecília Anacoreta Correia, garantiu, esta terça-feira, após a reunião no Infarmed, que a política de testar apenas adultos e não as crianças, nas escolas, "é errada".

"As escolas devem funcionar como sentinelas no controlo da pandemia e isso só se faz reforçando a testagem nas escolas, abrangendo as crianças", alertou.

14h20 - Após a reunião com os peritos, no Infarmed, o deputado socialista João Azevedo afirmou que a vacina "é única arma capaz de poder combater" a Covid-19.

Sobre o desconfinamento, o parlamentar salientou que, além da saúde pública, é necessário ter também em conta a situação da economia e a coesão territorial.

"Se esta sensibilização e parte pedagógica for feita, acredito que linha vermelha possa ser limitada e possamos tentar estancar inversão que seria muito complicada", realçou.

14h03 - Acaba de ser divulgado o boletim epidemiológico da DGS e que dá conta de mais 408 novos casos e cinco óbitos (três na região de Lisboa e um no Norte e outro no Centro) nas últimas horas. O número de vítimas mortais, subiu ligeiramente em relação a ontem, quando se registaram duas.

Outros dados a reter no relatório de hoje:

  • 25.441 casos ativos, menos 343 que ontem
  • Mais 746 recuperados (785.809, no total)
  • Total de vítimas mortais desde o início da pandemia: 16.923
  • Total de infetados desde o início da pandemia: 828.173
  • 459 internados em enfermaria, menos 20 que ontem
  • 118 internados em Cuidados Intensivos, menos um que ontem

13h59 - "É prematuro falar" de pausa na vacina da Janssen, diz ministra Mata Temido. "Recebemos essa notícia enquanto decorria a reunião. Neste momento é prematuro falar. Essa vacina não foi ainda iniciada no território da União Europeia, estamos a receber as primeiras doses esta semana. Os efeitos adversos estão descritos, mas no balanço risco-benefício continuamos a saber que a vacina é a nossa melhor arma para sairmos desta doença", sustentou

13h56 - Especialista sugere que escolas sejam "sentinelas" de controlo da pandemia. As escolas devem ter um papel relevante na monitorização da Covid-19 em Portugal, defendeu Henrique Barros, do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, que alertou para o aumento da infeção nas crianças

"As escolas podem e devem ser estruturas 'sentinela' para vigilância epidemiológica e contribuem de forma relevante para a compreensão da dinâmica da infeção" (Henrique Barros)

13h52 - Portugal já administrou mais de 2,1 milhões de vacinas. Numa atualização que acaba de ser partilhada no Twitter do Governo pode ler-se que destas vacinas mais de 1,5 milhões correspondem a primeiras doses e 603.753 à 2.ª dose

13h40 - Pessoas reúnem-se mais e sobe dificuldade em adoptar medidas. A conclusão é de um inquérito da Escola Nacional de Saúde Pública que aponta para um aumento do número de inquiridos que diz ter estado num grupo com mais de 10 pessoas e para maiores dificuldades na adoção de medidas de proteção

13h33 - Açores registam 17 novos casos e 20 recuperações. Os Açores registaram nas últimas 24 horas 17 novos casos de Covid-19, todos em São Miguel, e 20 recuperações, na mesma ilha, estando internados 11 doentes, segundo o boletim diário da Autoridade de Saúde.

13h23 - UE insta países a manterem limitação a chegadas não essenciais do Brasil. A Comissão Europeia aconselhou hoje "fortemente" os Estados-membros da União Europeia (UE) a manterem as limitações às viagens não essenciais do Brasil devido à propagação de novas variantes do SARS-CoV-2, pedindo "rastreios mais rigorosos" para eventuais viajantes.

13h21 - Quase todas as as regiões do país viveram "situações graves" com surtos. Em quase todas as regiões do país têm acontecido "situações graves", ao longo da pandemia, relacionadas com surtos de Covid-19 que vão aparecendo, com áreas críticas nas localidades mais pequenas, segundo uma análise hoje divulgada.

13h18 - "Já estivemos perante uma situação epidemiológica mais favorável". Marta Temido reconheceu que Portugal já esteve numa situação epidemiológica mais favorável e recordou que a estratégia de desconfinamento "era gradual, deliberadamente progressiva e de ritmo lento".

12h57 - Marta Temido fala agora ao país, após a reunião com os especialistas, no Infarmed.

A ministra da Saúde começou a sua intervenção admitindo que "a situação alterou-se nos últimos 15 dias".

Apesar da "alteração de tendência", devido ao R(t) "superior a 1", "a incidência mantém-se moderada", ao nível do continente 68,4 e a nível nacional 71,5.

12h30 - Pedro Sanchez falou hoje a Espanha para anunciar as novas medidas de apoio aos espanhóis. De acordo com o primeiro-ministro espanhol, o Plano de Recuperação apresentado esta segunda-feira é "o plano económico mais ambicioso e transcendental de a recente história económica de Espanha".

12h17 - A Rússia registou 8.173 casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas, o menor número desde 28 de setembro passado, segundo dados publicados hoje pelo centro de luta contra a Covid-19 do país.

12h15 - A Administração de Medicamentos e Alimentos (FDA) e o Centro para o Controlo de Doenças (CDC) exigem a suspensão de toda a vacinação contra a Covid-19 com a vacina da Johnson & Johnson, depois de terem sido detetados casos de coágulos sanguíneos em pessoas que foram inoculadas com este medicamento.

12h01 - A pandemia do novo coronavírus matou até hoje pelo menos 2.947.319 pessoas no mundo desde o final de dezembro de 2019, segundo um levantamento realizado pela agência de notícias AFP a partir de fontes oficiais.

12h00 - O vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, coordenador da Task Force para o Plano de Vacinação em Portugal, anunciou hoje, no Infarmed, que este mês estarão disponíveis, em Portugal, 1.9 milhões de vacinas para serem administradas.

De acordo com o militar, o objetivo é ter uma média de 97 mil vacinas disponíveis por dia para administrar. Até ao momento, já recebemos 2.6 milhões de vacinas contra a Covid-19. 

A percentagem de cidadãos vacinados com mais de 80 anos está acima dos 90%, as pessoas entre 50 e 80 anos com doenças de risco está nos 80%, os profissionais de saúde estão nos 96%, os serviços essenciais nos 99% e as escolas nos 23%. "Neste fim de semana vamos atingir muito rapidamente [a vacinação] de todos os profissionais", com exceção do Ensino Superior, anunciou o responsável.

Gouveia e Melo revelou também que, entre maio e junho, toda a população acima dos 60 anos estará vacinada e que 90% das vacinas disponíveis serão atribuídas por grupos etários e os outros 10% para doenças que não estão relacionadas com a idade.

"Atingiremos 70% da população entre julho e agosto" (Gouveia e Melo)

O processo de agendamento vai ser uma das mudanças no plano de vacinação nesta nova fase. O agendamento "centralizado" continua, mas vai ser complementado "com a possibilidade de autoagendamento" em que as pessoas, estando dentro da faixa etária, podem fazer o agendamento para um ponto de vacinação. "Isto vai permitir grande afluxo e resposta para a capacidade de agendamento", realçou Gouveia e Melo. 

11h51 - O concerto que os britânicos Iron Maiden iriam dar em junho deste ano, no Estádio Nacional, no concelho de Oeiras, foi adiado para 31 de julho de 2022, revelou hoje a promotora.

11h32 - O ministro austríaco da Saúde, Rudolf Anschober, anunciou hoje que está demissionário afirmando que está "exausto" da gestão da crise sanitária alertando para a gravidade da situação e queixando-se da falta de apoio. 

11h27 - João Paulo Gomes, do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), fez um ponto de situação sobre a vigilância das variantes genéticas mais preocupantes em Portugal, esta terça-feira, no Infarmed.

De acordo com o especialista, na primeira semana de março, a variante britânica era predominante em Portugal e representava 83% dos casos. Já a variante brasileira apresenta uma "situação controlada", com "níveis residuais e disseminação". A variante proveniente da África do Sul gera "alguma preocupação", com "aumento de casos com algum significado", tal como tem acontecido noutros países europeus.

11h19 - As instituições científicas e de ensino superior receberam 66 mil 'kits' de testes rápidos de antigénio, tendo já iniciado o rastreio à covid-19 junto dos trabalhadores e prevendo-se começar, na próxima semana, a testagem aos estudantes.

11h15 - A comissária europeia para a Saúde reconheceu hoje a necessidade de acelerar a produção de vacinas contra a Covid-19, mas sublinhou que levantar as patentes não é um caminho a seguir e que há outras opções em análise.

11h14 - Um estudo pioneiro, realizado pela Generalitat da Catalunha e pela Universidade de Oxford concluiu que a vacina da Pfizer reduziu a mortalidade em 98% nos lares de idosos da Catalunha e em 97% a probabilidade dos mais velhos terem de ser hospitalizados devido à gravidade dos sintomas. 

10h53 - Baltazar Nunes, especialista do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), disse hoje no Infarmed que, ao que tudo indica, a vacinação já terá evitado cerca de 140 mortes.

O mesmo perito revelou que a tendência de crescimento é mais expressiva abaixo dos 10 anos, "principalmente perto dos 5 e 6 anos".

"Se mantivermos essa tendência de crescimento, estima-se que Portugal chegue aos 250 casos por 100 mil habitantes dentro de um a dois meses", explicou ainda Baltazar Nunes.

Assim sendo, de acordo com o perito do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), o país poderá ultrapassar os 120 casos por 100 mil habitantes nas próximas duas semanas, algo que empurraria Portugal para o 'vermelho' da matriz de risco.

"No país, com este nível de crescimento e taxa próxima de 71 casos por 100 mil habitantes, o tempo para chegar à linha dos 120 está entre duas semanas e um mês. Este mesmo valor pode ser observado na região Norte e no Alentejo, a que estão identificadas com uma velocidade de crescimento e taxa de incidência que levará entre duas semanas a um mês os 120 casos por 100 mil habitantes. A região do Algarve já atingiu esse valor e as regiões da Madeira e Açores também", clarificou.

10h52 - A Irlanda suspendeu temporariamente a administração da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 para poder analisar e decidir qual a faixa etária que poderá ser imunizada com este fármaco, anunciou hoje o Serviço Nacional de Saúde da Irlanda (HSE).

10h48 - Timor-Leste registou 12 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, subindo para 1.086 o número de infetados desde o início da pandemia, segundo dados do Centro Integrado de Gestão de Crise (CIGC).

10h40 -  A Uber parece estar a recuperar dos efeitos da pandemia de Covid-19, com o The Wall Street Journal a adiantar que a divisão de mobilidade da empresa registou o seu melhor mês desde março de 2020.

10h29 - O confinamento motivado pela pandemia de Covid-19 impôs desafios no Ensino Superior, nomeadamente a adoção do ensino à distância. Um estudo revela agora que a maioria dos alunos continua a preferir a vertente presencial, mas há abertura para um modelo híbrido.

10h03 - Já começou a reunião no Infarmed entre especialistas e membros do Governo, sobre a pandemia da Covid-19, em Portugal. De acordo com os peritos, há um aumento dos casos na faixa etária entre os 0 e os 9 anos. Acompanhe aqui todas as novidades e atualizações.

09h33 - O Governo de Angela Merkel quer endurecer as medidas extraordinárias contra a Covid-19, na Alemanha, de forma a dar mais poder ao Executivo para este poder intervir nas regiões mais afetadas. Esta decisão surge depois de o número de casos ter aumentado, nas últimas semanas, em algumas cidades alemãs.

09h30 - Sexismo, Covid-19 e outras polémicas 'ensombram' Jogos Olímpicos. Saiba tudo aqui

09h17 - As autoridades de saúde do estado australiano de Queensland reportaram, esta terça-feira, a morte de um homem de 80 anos por Covid-19. É a primeira morte por coronavírus registada na Austrália em 2021 — o último óbito documentado no país datava de 28 de dezembro.

09h04 - A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu a suspensão da venda de mamíferos salvagens vivos em mercados de alimentos, para evitar a propagação de doenças.

"Os animais, especialmente os selvagens, são a fonte de mais de 70% de todas as doenças infecciosas emergentes em humanos, muitas das quais são causadas por novos vírus. Os mamíferos selvagens, em particular, representam um risco de surgimento de novas doenças", adianta em comunicado a OMS.

08h40 - O site do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido bloqueou poucos minutos depois de as pessoas com mais de 45 anos serem informadas que já podiam reservar as suas vacinas contra a Covid-19.

08h27 - Pesquisa prova que um spray nasal formulado para tratar o novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da doença da Covid-19, mata eficazmente 99,99% do patógeno.

08h18 - O Hospital Universitário de Toledo notificou o Ministério da Saúde espanhol de uma suspeita de reação adversa da vacina da AstraZeneca, depois de um paciente ter morrido na segunda-feira, segundo informaram8 as autoridades camarárias de região autónoma de Castilla-La Mancha.

08h14 - A Índia aprovou a utilização de emergência da vacina russa Sputnik V contra a covid-19, anunciou hoje um fabricante local de medicamentos, numa altura em que começam a escassear vacinas no país, que atravessa uma segunda vaga.

07h54 - Conselho DGS. Portugal continua a vacinar a população. Aguarde o contacto do seu centro de saúde.

07h36 - As autoridades de saúde da Alemanha contabilizaram mais de 10.810 casos de infeção no último dia. O número total de casos de Covid-19, desde que a pandemia chegou ao país, supera já os 3 milhões.

07h32 - A otorrinolaringologista Clara Capucho alertou hoje que o uso de máscaras imposto pela pandemia da covid-19 aumentou o número de patologias da voz, sobretudo nos aparelhos vocais dos portugueses.

07h20 - Além da ronda de audições entre Marcelo Rebelo de Sousa e os representantes dos partidos políticos sobre o novo Estado de Emergência, hoje é também dia de reunião do Infarmed. Numa altura em que tanto o R(t) como a incidência estão a aumentar e Portugal caminha a passos largos para o 'amarelo', este será um encontro importante para o Governo tomar decisões quanto à última fase do desconfinamento.

07h15 - A Assembleia da República (AR) organiza hoje uma conferência sobre o impacto na saúde e os efeitos sociais da Covid-19, com a participação das ministras da Saúde, Marta Temido, e do Trabalho, Ana Mendes Godinho.

07h07 - A farmacêutica norte-americana Regeneron anunciou segunda-feira que seu tratamento com anticorpos monoclonais contra a Covid-19 reduz o risco de infeções sintomáticas em 81%, o ajudará na prevenção na doença em pessoas não vacinadas.

07h03 - O Presidente da República vai ouvir hoje os partidos com assento parlamentar, por videoconferência, sobre a renovação do Estado de Emergência até ao final de abril, que na semana passada disse desejar que seja a última.

07h01 - Enquanto dormia:

07h00 -  Bom dia. Começa agora um novo acompanhamento da situação da Covid-19 AO MINUTO. Recorde aqui os principais acontecimentos sobre a pandemia, que ocorreram ontem, em Portugal e no Mundo. 

Leia Também: AO MINUTO: Estirpe britânica? Não é "mais grave"; Índia aprova Sputnik V

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório