Meteorologia

  • 17 ABRIL 2021
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Violência no Darfur continua pelo 5.º dia consecutivo e já fez 87 mortos

A violência tribal prossegue pelo quinto dia consecutivo na cidade sudanesa de Geneina, na região de Darfur, resultando até agora em 87 mortos e 191 feridos, de acordo com o Comité Médico de Darfur.

Violência no Darfur continua pelo 5.º dia consecutivo e já fez 87 mortos

"Os acontecimentos sangrentos continuam na cidade de Geneina, capital do estado de Darfur Ocidental, desde a noite de sábado, 3 de Abril, causando mais mortes e feridos", fez saber aquela organização numa declaração publicada no seu site oficial, onde eleva "o número total de mortos para 87 e o número de feridos para 191".

Alguns veículos de prestação de cuidados de saúde e ambulâncias foram "alvo de disparos enquanto se dirigiam para os armazéns da Organização Mundial de Saúde", denunciou ainda a associação de médicos.

Embora ninguém tenha sido ferido por estes ataques, a circunstância impediu parcialmente a chegada de medicamentos e a prestação de serviços de saúde às vítimas da violência tribal, acrescentou a organização.

Depois de algumas semanas de calma em Darfur, a violência entre as tribos árabes e a africana Masalit voltou a eclodir no sábado passado, quando "homens desconhecidos dispararam contra homens da tribo Masalit, que estavam a rebocar um carro em Geneina", resultando em dois mortos e dois feridos, anunciou esta segunda-feira o Gabinete das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA).

Em janeiro último, outro surto de violência entre tribos árabes e africanas após a morte de um jovem num campo de deslocados perto de Geneina fez mais de 200 mortos.

Estes incidentes surgem depois do fim do mandato de 13 anos da missão de manutenção da paz da ONU no Darfur, UNAMID, confirmando os receios da população da região, e sobretudo dos deslocados internos que ocupam 155 campos no Darfur.

Em fevereiro último, o OCHA advertiu que durante o mês de janeiro o número de pessoas recentemente deslocadas no Darfur excedeu o de todo o ano de 2020, com um total de 129.000 pessoas a abandonarem as suas casas.

Leia Também: Número de mortos nos confrontos tribais no Sudão aumenta para 56

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório