Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2021
Tempo
23º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Itália soma quase 20 mil casos e regista aumento das hospitalizações

A Itália registou 19.749 novos contágios pelo novo coronavírus e 376 óbitos associados à covid-19 nas últimas 24 horas, foi hoje divulgado, num momento em que o país verifica igualmente um aumento significativo das hospitalizações.

Itália soma quase 20 mil casos e regista aumento das hospitalizações
Notícias ao Minuto

18:23 - 09/03/21 por Lusa

Mundo Itália

Com o registo destes novos contágios pelo novo coronavírus (SARS-Cov-2) nas últimas 24 horas, o país totaliza, até à data, 3.101.093 casos de pessoas que ficaram infetadas, de acordo com o boletim informativo do Ministério da Saúde italiano.

Os quase 20 mil novos casos registados nas últimas 24 horas representam um aumento expressivo em relação aos 13.000 notificados na segunda-feira.

No entanto, esta diferença de números é normal depois do período do fim de semana, durante o qual são realizados menos testes de diagnóstico.

No último dia foram realizados mais de 345.000 testes (incluindo testes rápidos de antigénio), o dobro em comparação com o fim de semana.

Com a contabilização dos novos óbitos, o número total de mortes recenseadas no território italiano desde o início da crise pandémica, em fevereiro de 2020, situa-se agora nos 100.479, de acordo com a mesma fonte.

No que diz respeito aos recuperados, o país regista um total de 2.521.731, um aumento de 12.999 recuperações face ao dia anterior.

Existem 478.883 casos positivos de covid-19 que estão atualmente ativos em Itália, um aumento de 6.350 casos em relação a segunda-feira, indicador que influencia a pressão exercida sobre os hospitais italianos, pressão essa que tem vindo a aumentar nas últimas semanas.

Dos casos positivos atualmente ativos em Itália (a grande maioria são doentes que estão nas respetivas casas com sintomas ligeiros da doença ou estão assintomáticos), 25.149 são pessoas que estão hospitalizadas (mais 562 em relação à véspera), existindo 2.756 doentes em unidades de cuidados intensivos (UCI), mais 56 pacientes em comparação aos indicadores de segunda-feira.

A campanha de vacinação em Itália prossegue e já foram administradas 5.668.373 doses em todo o país, número que inclui sobretudo profissionais do setor da saúde e idosos com mais de 80 anos.

Destas pessoas, 1.721.194 já receberam as duas tomas da vacina contra a covid-19.

O Presidente de Itália, Sergio Mattarella, de 79 anos, deslocou-se hoje ao Hospital Spallanzani, em Roma, para ser vacinado.

O chefe de Estado italiano, chamado para o procedimento por pertencer ao grupo de cidadãos nascidos depois de 1941, cumpriu as formalidades necessárias e aguardou na sala de espera como os restantes concidadãos, segundo relataram as agências internacionais.

Precisamente há um ano, em 09 de março de 2020, o então primeiro-ministro Giuseppe Conte anunciava o início de um confinamento em todo o país após a identificação dos primeiros casos de covid-19 no norte de Itália.

Perante os indicadores atuais, o governo italiano, agora liderado por Mario Draghi, estuda novas medidas restritivas para tentar travar a propagação do vírus.

Os 'media' italianos estão a avançar que uma das hipóteses em estudo é decretar um confinamento a nível nacional durante os fins de semana, uma fórmula que já foi aplicada durante a época do natal, mas, até ao momento, não há qualquer confirmação oficial.

A pandemia da doença covid-19 provocou pelo menos 2.593.872 mortos no mundo, resultantes de mais de 116,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Só na Europa, a doença já fez 878.311 mortes em 38.809.591 casos recenseados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus (SARS-Cov-2) detetado em dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: AO MINUTO: Os cuidados antes da vacina. Teletrabalho como "alicerce"? Não

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório