Meteorologia

  • 13 ABRIL 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 21º

Edição

Sete das 10 cidades que mais emitiram carbono no Brasil estão na Amazónia

Sete das 10 cidades que mais emitiram gás carbónico no Brasil ficam na Amazónia, onde a desflorestação é a principal fonte de emissões, segundo um levantamento divulgado hoje pelo Observatório do Clima.

Sete das 10 cidades que mais emitiram carbono no Brasil estão na Amazónia

O Observatório do Clima, que reúne 56 organizações da sociedade civil brasileira, informou no levantamento que, com base em dados de 2000 até 2018, os 10 municípios com mais emissões de gases que provocam o efeito estufa no Brasil produziram juntos 172 milhões de toneladas brutas de gás carbónico equivalente (CO2e).

O volume é maior do que as emissões realizadas no Peru, a Bélgica ou as Filipinas.

O município que mais emitiu gases com efeito estufa no Brasil é São Félix do Xingu, localizado no estado do Pará, com 29,7 milhões de toneladas brutas de CO2e em 2018.

"Desse total, as mudanças de uso da terra, em sua maior parte provenientes do desflorestamento, respondem por 25,44 milhões de toneladas, seguidas pela agropecuária, com 4,22 milhões de toneladas de CO2e, emitidas principalmente pela digestão do rebanho bovino. O município paraense tem o maior número de cabeças do país", disse o relatório do Observatório do Clima.

"Se fosse um país, São Félix do Xingu seria o 111.º do mundo em emissões, à frente de Uruguai, Noruega, Chile, Croácia, Costa Rica e Panamá, segundo dados do Cait, o 'ranking' global de emissões do World Resources Institute", acrescentou.

Também estão na lista a cidade de Altamira, no Pará, Porto Velho, em Rondónia, Pacajá, no Pará, Colniza, no Mato Grosso, Lábrea, no Amazonas, e Novo Repartimento, também no estado do Pará.

A desflorestação fez disparar as emissões 'per capita' dos municípios amazónicos no Brasil.

Segundo o Observatório do Clima, cada morador de São Félix do Xingu, por exemplo, emite 225 toneladas de CO2e por ano, quase 22 vezes mais que a média de emissões brutas 'per capita' do Brasil, 12 vezes mais que a dos Estados Unidos da América e seis vezes mais que a do Qatar, país com maior emissão 'per capita' no mundo.

"Situação ainda pior é a de Colniza, no noroeste de Mato Grosso: sexto maior emissor do país, com 14,3 milhões de toneladas de CO2e emitidas em 2018, Colniza tem a maior emissão 'per capita' bruta do Brasil: 358 toneladas. É como se cada habitante do município tivesse mais de 300 carros rodando 20 quilómetros por dia", apontou a organização.

Fora cidades localizadas nos estados cobertos pela floresta amazónica, as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Serra, no Espírito Santo, constam na lista dos municípios que mais emitem gases com efeito estufa no Brasil.

O setor da energia, em especial os transportes, destaca-se como principal fator de emissão nas grandes cidades.

Leia Também: ONG processam grupo francês por desflorestação no Brasil e na Colômbia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório