Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 15º

Edição

Reino Unido registou 454 mortes perante declínio da prevalência do vírus

O Reino Unido registou 454 mortes e 12.057 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mas estudos indicam que a prevalência da doença está em declínio, de acordo com dados publicados hoje pelo Governo britânico. 

Reino Unido registou 454 mortes perante declínio da prevalência do vírus
Notícias ao Minuto

16:26 - 18/02/21 por Lusa

Mundo Covid-19

Na quarta-feira tinham sido notificadas 738 mortes e 12.718 casos, mas a média diária dos últimos sete dias é de 551 mortes e 12.084 infeções.

Entre 12 e 18 de fevereiro houve uma redução de 26,9% de mortes de covid-19 e de 20,3% no número de pessoas com um resultado de teste positivo confirmado em relação aos sete dias anteriores.

Esta tendência coincide com os resultados publicados hoje do estudo React da universidade Imperial College, que avalia regularmente a prevalência do vírus na população, e que indicam que os níveis do novo coronavírus em Inglaterra estão em declínio.

O estudo recolheu amostras de 85.400 pessoas entre 04 e 13 de fevereiro e estimou que 0,51% da população estava infetada com covid-19, sintomática ou assintomática, o que é 68% abaixo da estimativa de 1,57% há quatro semanas atrás, entre 06 e 22 de janeiro.

O estudo coloca o índice de transmissibilidade efetivo (Rt) em 0,72 em Inglaterra e refere que os casos caíram mais acentuadamente em Londres, onde a prevalência caiu de 2,83% para 0,54%, e no sudeste de Inglaterra (1,61% para 0,3%), mas no norte de Inglaterra a descida foi menos acentuada.

A última vez que a taxa de prevalência estava tão baixa foi no final de setembro do ano passado.

"Estes resultados mostram sinais encorajadores de que as infeções agora estão a evoluir na direção certa em todo o país, mas não devemos baixar a guarda. Os casos e os internamentos hospitalares continuam altos", comentou o ministro da Saúde, Matt Hancock.

Na terça-feira, data dos dados mais recentes disponíveis, estavam hospitalizadas 20.156 pessoas, mas a tendência também é de descida.

Os autores do estudo afirmam que a diminuiçãoda prevalência do vírus é resultado do confinamento em vigor desde 04 de janeiro e que ainda é cedo para saber o impacto do plano de vacinação em termos de transmissão do vírus e na redução de hospitalizações.

Até hoje, 16.423.082 pessoas receberam a primeira dose de uma vacina contra o novo coronavírus e 573.724 pessoas receberam uma segunda dose, a qual é administrada com um intervalo de até 12 semanas.

No total, morreram no Reino Unido 119.387 pessoas entre 4.083.242 casos de contágio confirmados desde o início da pandemia covid-19.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.430.693 mortos no mundo, resultantes de mais de 109,8 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.754 pessoas dos 792.829 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: AO MINUTO: 'Ok' para apoio alargado a pais. China ocultou informação

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório