Meteorologia

  • 23 ABRIL 2021
Tempo
20º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

Deputado expulso do parlamento neozelandês por não usar gravata

Rawiri Waititi argumentou que escolheu usar um vestuário cultural desafiando o 'dress code'.

Deputado expulso do parlamento neozelandês por não usar gravata

Um deputado do Partido Maori desafiou o ‘dress code’ que obriga ao uso de gravata na câmara onde decorrem os debates e foi expulso pelo presidente da câmara do parlamento, segundo o The Guardian. “Não é sobre as gravatas, é sobre identidade cultural”, destacou Rawiri Waititi ao sair da câmara.

Antes de ser expulso, a troca de argumentos entre Waititi, que é um dos líderes do Partido Maori, e Trevor Mallard, o presidente da câmara parlamentar, subiu de tom.

O deputado maori defendeu que escolheu usar um vestuário cultural, mas Mallard avisou-o que não poderia falar na câmara se não estivesse a usar uma gravata. Waititi continuou a falar e Mallard ordenou a sua expulsão.

Anteriormente, Rawiri Waititi descreveu as gravatas como um “laço colonial” e no ano passado chegou a ser expulso da câmara parlamentar neozelandesa pelo mesmo motivo.

A primeira-ministra Jacinda Ardern afirmou que não tinha qualquer objeção ao facto de as gravatas não serem usadas no parlamento, mas salientou que há questões mais importantes para serem debatidas, tais como resolver a crise na habitação.

“Não acho que os neozelandeses queiram saber de gravatas”, constatou.

Leia Também: Myanmar: Nova Zelândia suspende relações políticas e militares

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório