Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2021
Tempo
17º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Israel pode funcionar como teste global da vacinação, diz Netanyahu

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, evocou hoje a rápida campanha de vacinação no seu país contra o novo coronavírus, indicando que Israel pode funcionar como um "caso de teste" para o resto do mundo.

Israel pode funcionar como teste global da vacinação, diz Netanyahu

"O importante não é o que fizemos em Israel, mas que Israel possa servir como um caso de teste global", disse Netanyahu através de videoconferência no Fórum Económico Mundial de Davos.

O responsável adiantou que o principal argumento na sua antecipada e bem-sucedida negociação com a Pfizer para obter vários milhões de doses da vacina rapidamente foi que Israel "poderia servir como laboratório global para a imunidade de grupo", devido à velocidade com que o país poderia inocular a sua população de cerca de nove milhões.

Disse ainda que as informações médicas sobre a situação, sem dados pessoais específicos, foram oferecidas à empresa farmacêutica.

Netanyahu considerou ainda que a rápida propagação de novas variantes do coronavírus poderá obrigar a população a vacinar-se pelo menos anualmente.

Cerca de três milhões de pessoas já receberam a primeira dose da vacina da Pfizer/BioNTech em Israel e perto de metade também já recebeu a segunda, o que coloca o país como líder mundial em percentagem de população inoculada.

Os números preliminares sobre a eficácia da vacina apontam para uma diminuição acentuada das infeções e do desenvolvimento de sintomas graves de covid-19.

O Ministério da Saúde israelita indicou na terça-feira que das 428 mil pessoas que receberam a segunda dose da vacina há mais de uma semana, apenas 0,014% foi infetado com o novo coronavírus.

A pandemia de covid-19, transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019 na China, provocou pelo menos 2,1 milhões de mortos resultantes de mais de 100 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço da agência France-Presse.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório