Meteorologia

  • 16 MAIO 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 25º

Edição

AO MINUTO: Confinamento "é para levar a sério". Brasil com 209 mil óbitos

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Confinamento "é para levar a sério". Brasil com 209 mil óbitos

Os dados mais recentes, emitidos pela Direção-Geral de Saúde, dão conta de que Portugal contabilizou 10.947 novos casos positivos do novo coronavíruse166óbitos.No total, com esta atualização, o país acumula 539.416infeçõese8.709mortesdesde o início da pandemia.

A pandemia de Covid-19 provocou mais de 2 milhões de mortos resultantes de mais de 93 milhões de casos de infeção em todo o mundo. Os Estados Unidos continuam a ser o país mais afetado a nível global, tanto em número de mortos como de casos

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 -Termina aqui o registo deste sábado. De manhã publicaremos um novo artigo no qual vai poder continuar a acompanhar os principais desenvolvimentos da pandemia em Portugal e no resto do mundo. E, não se
esqueça: se sentir sintomas relacionados com o coronavírus ligue para
a Linha SNS24 - 808 24 24 24.

23h53 - O presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, considerou hoje "absolutamente insustentável" a situação vivida atualmente em Portugal na prestação de cuidados de saúde no âmbito da pandemia da Covid-19.

É absolutamente insustentável o que se está a passar na prestação de cuidados, é uma situação dramática. Acho que é essa a descrição possível", afirmou o médico em declarações à agência Lusa, lembrando que, "infelizmente os alertas dos hospitais e de todos os envolvidos não são de agora, [já vêm] até [de] antes do Natal".

23h44 - O Brasil registou 1.059 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 209.350 óbitos. Este sábado, o país contabiliza também mais 62.452 casos, o que eleva o número total de infetados para 8.456.705. A média da última semana foi de 54.434 novos diagnósticos por dia.

23h21 - Os trabalhadores independentes, empresários em nome individual e sócios-gerentes podem voltar a pedir o apoio à redução da atividade entre os dias 1 e 10 de fevereiro, segundo informação hoje publicada na página da Segurança Social.

23h09 - O Reino Unido está determinado em organizar uma cimeira presencial de líderes internacionais em meados de junho, com a Austrália, Índia e Coreia do Sul convidados a juntarem-se aos países do G7.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, que tem a presidência rotativa do grupo este ano, espera reunir primeiros-ministros e presidentes das principais democracias do mundo na região da Cornualha, sudoeste de Inglaterra, entre 11 e 13 de junho, apesar de a pandemia de Covid-19 continuar a ameaçar viagens internacionais e grandes eventos.

22h23 - A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) levou a cabo, este sábado, uma operação de fiscalização para avaliar o cumprimento das regras determinadas pelo Governo para controlar a pandemia. Foi instaurado um processo-crime, 19 processos de contraordenação e a suspensão de atividade em quatro operadores económicos.

Destes processos, a autoridade destaca a "falta de cumprimento das regras de ocupação, permanência e distanciamento físico nos locais abertos ao público e a falta de cumprimento das regras relativas a restrição, suspensão ou encerramento de atividades".

22h14 - O lar da Santa Casa da Misericórdia de Murça regista 33 utentes e 25 funcionários infetados com o novo coronavírus, divulgou hoje a instituição, que explicou que "as equipas estão reduzidas e focadas nos cuidados" a prestar aos pacientes.

21h34 - O bailarino e coreógrafo argentino Juan Carlos Copes, conhecido pela participação no filme 'Tango', de Carlos Saura, morreu hoje, aos 89 anos, em Florida, Buenos Aires, na sequência de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, anunciou a família.

21h32 - A Madeira registou hoje quatro mortes por Covid-19, o número diário mais alto desde o início da pandemia, elevando para 27 os óbitos associados à doença, indicou a Direção Regional de Saúde, referindo também mais 117 casos de infeção.

21h30 - O Ministério da Saúde (Misau) de Moçambique anunciou hoje mais 18 mortes associadas à covid-19, das quais 17 na capital, Maputo, e uma na província central da Zambézia, elevando para 234 o total acumulado desde o início da pandemia.

20h52 - Centenas de passageiros realizaram testes pós-desembarque à chegada a Luanda, no aeroporto 4 de fevereiro, medida que se tornou obrigatória a partir de hoje, elogiando a iniciativa que decorreu sem grandes constrangimentos.

20h50 - O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, sediado em Penafiel, anunciou hoje que vai disponibilizar cinco camas para receber doentes de covid-19 de outros hospitais que se encontrem sob maior pressão.

20h46 - A associação PRO.VAR, que representa a restauração, quer que o setor tenha exclusividade na venda de refeições, referindo em comparação a limitação de venda de alguns artigos nos supermercados.

20h21 - A França ultrapassou hoje as 70.000 mortes associadas à Covid-19 desde o início da pandemia, ao somar 196 mortes hospitalares nas últimas 24 horas, elevando o total para 70.142.

Nas últimas horas, foram registados 21.406 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, elevando o número total de positivos para 2,89 milhões, de acordo com o relatório diário da Agência de Saúde Pública sobre a situação da Covid-19 no país.

20h07 - O Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada, esgotou a capacidade, ao apresentar hoje um total de 169 doentes com Covid-19 internados, dos quais 18 em cuidados intensivos. A unidade hospitalar admitiu um "cenário de pré-catástrofe", caso a situação se mantenha.

"Hoje, dia 16 de janeiro de 2021, e em enfermaria, o hospital volta a registar um crescimento dos doentes internados positivos para a infeção por SARS-Cov-2 e a ajustar a lotação afeta à covid-19, de modo a acomodar a necessidade do número de doentes internados positivos", referiu o HGO num comunicado.

19h48 - A realização de ensaios, durante o Estado de Emergência, só é permitida no caso da preparação de espetáculos com estreia prevista para fevereiro e março, e nos quais participem profissionais, esclareceu hoje a IGAC.

19h44 - A plataforma Convergência pela Cultura considerou hoje os 42 milhões de euros do programa de apoio ao setor, anunciados na quinta-feira pelo Governo, "muito parcos para as necessidades", e reiterou faltarem "verdadeiras medidas de apoio, amplas e universais".

19h32 - As autoridades sanitárias cabo-verdianas diagnosticaram mais 125 infetados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, e um morto, elevando para 12.901 os casos acumulados desde 19 de março, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde.

19h22 - As escolas não profissionais de dança têm de encerrar durante o período de confinamento, em vigor desde as 00h00 de sexta-feira, informaram à agência Lusa os ministérios da Cultura e da Educação, numa mensagem conjunta.

19h11 - Angola registou, nas últimas 24 horas, 86 novos casos de Covid-19, três óbitos e 105 pessoas recuperadas, segundo o boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde Pública hoje divulgado.

18h59 - O prazo para efetuar trocas ou devoluções de bens ficará suspenso durante o atual confinamento e as garantias que terminem neste período ou nos 10 dias seguintes serão prorrogadas por 30 dias, segundo diploma publicado em Diário da República.

18h51 - Cerca de 100 apoiantes de um movimento auto-denominado 'Defender Portugal' manifestaram-se, este sábado, sem máscaras ou distanciamento físico, em frente ao parlamento, para contestar as medidas de contenção da pandemia, que consideram estar a prejudicar o país.

18h46 - A Itália registou 16.310 novas infeções pelo novo coronavírus e 475 óbitos associados à doença Covid-19 nas últimas 24 horas, informou hoje o Ministério da Saúde italiano, na véspera de o país reforçar as medidas restritivas.

18h34 - Três membros da Comissão Europeia estão em isolamento após o ministro de Estado e das Finanças, João Leão, ter testado positivo à Covid-19, dado serem considerados contactos de risco, disse hoje fonte oficial do executivo comunitário.

"Com base nas informações recebidas, os vice-presidentes Margrethe Vestager e Valdis Dombrovskis, assim como a comissária Elisa Ferreira, são consideradas pessoas de contacto" próximo, adiantou a mesma fonte.

18h22 - O vice-presidente do Governo dos Açores, Artur Lima, testou positivo num teste ao novo coronavírus SARS-CoV-2, mas encontra-se "assintomático" e "bem", segundo declarou à agência Lusa.

18h16 - Marcelo Rebelo de Sousa apelou hoje aos portugueses para que levem o confinamento a sério e não o encarem como leve ou facultativo, evitando sobrecarregar ainda mais os serviços de saúde.

"Não é de mais apelar a todos para que não vejam este estado de emergência e este confinamento como um confinamento suave, um confinamento leve, um confinamento facultativo, um confinamento que não é para levar a sério", afirmou o chefe de Estado e recandidato ao cargo, perante os jornalistas.

17h51 - A Itália anunciou hoje a suspensão de todos os voos procedentes do Brasil devido à nova estirpe do novo coronavírus (SARS-Cov-2) identificada naquele país.

"Assinei uma portaria que interdita voos do Brasil e proíbe a entrada em Itália de pessoas que tenham permanecido naquele país durante os últimos 14 dias", informou o ministro da Saúde italiano, Roberto Speranza, através da rede social Twitter.

17h28 - Numa altura em que as autoridades britânicas apertaram as restrições para controlar a propagação da Covid-19, o Reino Unido somou, este sábado, mais 1.295 vítimas mortais e mais 41.346 casos da doença. Este número de óbitos é o terceiro maior desde que a pandemia chegou ao conjunto de países.

17h10 - O Instituto da Segurança Social (ISS) disse hoje que o lar ilegal de Samora Correia onde 43 dos 44 utentes estão infetados com o novo coronavírus foi encerrado e evacuado por não existirem "condições mínimas para permanência" dos idosos.

16h59 - São Tomé e Príncipe registou 11 novos casos positivos de Covid-19 nas últimas 48 horas, elevando o número de infetados pela doença para 1.130, informou fonte do Ministério da Saúde.

16h45 - O presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN), Daniel Ferro, esclareceu, na tarde deste sábado, que a unidade hospitalar não está numa situação de caos, mas sim de "pico", o que "pode induzir congestionamentos", como aconteceu na sexta-feira.

Reconhecendo que esta situação é motivada pelos doentes Covid-19, o presidente do Conselho de Administração revelou que a procura na unidade hospitalar "cresceu 70%. Se durante os próximos dias crescer mais 70/80%, não há capacidade no sistema".

16h37 - Quatro doentes infetados com Covid-19 foram acolhidos na sexta-feira pelo centro de acolhimento de doentes, disponibilizado pela Marinha Portuguesa, na Base Naval de Lisboa, em Almada, informaram hoje as Forças Armadas.

16h11 - Um surto de Covid-19 atingiu 16 dos 27 bombeiros que prestam serviço em permanência no Corpo de Mogadouro, no distrito de Bragança, disse hoje à agência Lusa o presidente da direção desta Associação Humanitária.

"Estamos a viver um momento particularmente difícil no seio desta cooperação. Temos 16 elementos infetados pelo novo coronavírus que fazem parte de um grupo de homens e mulheres que diariamente asseguram o socorro às populações em missões e transporte de doentes urgentes e não urgentes", explicou o presidente da associação, João Gouveia.

16h04 - O presidente do Sindicato Independente dos Médicos defendeu hoje "rigor e transparência" na publicação do número de profissionais de saúde vacinados contra a Covid-19, por locais de trabalho, e uma previsão de quando se completará a vacinação prioritária.

"Menos de um terço dos profissionais foram vacinados na esmagadora maioria dos hospitais", afirmou, considerando "inadmissível que, numa altura em que os casos ultrapassam os 10 mil diários, em que o número de casos dispara, se continue a colocar em risco desnecessário profissionais de saúde que trabalham na linha da frente em vários serviços hospitalares".

15h54 - Marcelo Rebelo de Sousa voltou, este sábado, a testar negativo ao novo coronavírus, avança a TVI24. O Presidente da República tinha sido submetido a mais um despiste esta manhã.

15h39 - João Leão, ministro das Finanças, testou positivo à Covid-19, avançou o ministério, esta tarde, em comunicado.

"[O ministro] Está em confinamento domiciliário, não tendo até ao momento apresentado quaisquer sintomas e encontrando-se a trabalhar", adianta ainda a referida nota.

15h28 - África registou nas últimas 24 horas mais 932 mortes por Covid-19, alcançando um total de 77.684, e 30.855 novos casos de infeção, segundo os últimos dados oficiais da pandemia no continente.

14h59 - O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E) anunciou hoje que uma enfermaria de 24 camas reconvertida para doentes Covid, mas que se encontrava em 'stand-by', entrou hoje em funcionamento devido ao aumento de casos.

14h52 -A Proteção Civil de Torres Vedras está a pedir voluntários para reforçar as brigadas de intervenção rápida (BIR) da Segurança Social, que são insuficientes para dar resposta aos lares do concelho onde existem surtos de Covid-19.

14h21 -Portugal somou mais 10.947contágios pelo novocoronavíruse 166mortes relacionadas com aCovid-19, indica o boletim daDireção-Geral de Saúde deste sábado, dia 16 dejaneiro. No total, com estaatualização, o país acumula 539.416infeçõese8.709mortes desde o início dapandemia.

O boletim deste sábado indica que, nas últimas 24 horas, 8.477recuperaram da doença. Há, nesta altura, 128.165casosativosdeCovid-19.

14h07 -O Hospital de Santa Maria, em Lisboa, que tinha nas últimas 24 horas 201 internados com Covid-19, 44 dos quais em unidade de cuidados intensivos (UCI), considera que não está a viver "uma situação de caos".

"Perante a grande pressão na urgência dedicada a doentes respiratórios e nos internamentos, o Centro Hospitalar de Lisboa Norte alargou o plano de contingência Covid, o que prova não só que não está emrutura", como houve "capacidade de adaptação do seu plano às necessidades assistenciais", informou fonte da administração, à agência Lusa.

12h43 -O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Jaime Marta Soares, denunciou hoje que há doentes transportados para os hospitais a passar "horas nas macas das ambulâncias", tendo sido já registada a morte de um paciente dentro da ambulância sem entrar na unidade hospitalar.

12h36 -A falta de oxigénio nos hospitais de Manaus, na Amazónia, confrontados com um forte surto epidémico, provocou na sexta-feira concertos de panelas nas grandes cidades do Brasil, em protesto contra o presidente de extrema-direita, Jair Bolsonaro.

12h24 - A administradora do Hospital de Torres Vedras, Elsa Baião,reconheceu hoje que a última noite "foi muito complicada". "Não havia lotação e tivemos de criar mais uma enfermaria com 21 camas", disse à agência Lusa.

Em Torres Vedras, admitiu, "a situação é mais preocupante por causa do surtoativo[com um total de 157 casos confirmados] dentro da unidade, motivo pelo qual as equipas estão mais reduzidas, e por ser uma região com um número elevado de camas de lar".

11h22 - As autoridades peruanas suspenderam, este sábado, a entrada de estrangeiros não residentes oriundos da Europa ou daÁfricado Sul, ou que tenham feito escala nesses países nos últimos 14 dias. A suspensão ficará em vigor pelo menos 15 dias e tem comoobjetivoevitar a entrada de mais casos da nova estirpe deCovid-19 do Reino Unido.

11h19 -O número de infetados associados ao surto de Covid-19 no Lar de Nossa Senhora do Carmo, na Ordasqueira, no concelho de Torres Vedras, subiu para 96 infetados, segundo o último boletim epidemiológico municipal.

10h57 - A fila de ambulânciasna entrada para as urgências do Hospital de Torres Vedras não é uma situação isolada. O mesmo verificou-se também no Hospital de Santa Maria, em Lisboa. Uma imagem partilhada nas redes sociais mostra várias ambulânciasnuma fila.

Uma profissional de saúde salientou à TVI que os serviços entraram em rutura a meio de dezembro e o panaromatem-se deteriorado.

10h25 -O número de infeções por SARS-CoV-2 duplicaram em Espanha, nos primeiros 15 dias de 2021, com mais 300 mil novos contágios e 2.477 mortes, segundo números das autoridades sanitárias.

10h05 - A Índia iniciou a maior campanha de vacinação contra a Covid-19 do mundo. O governo indiano pretende vacinar mais de 1,3 mil milhões de pessoas. Milhões de doses de duas vacinas aprovadas - Covishield e Covaxin - foram recebidas em todo o país nos dias anteriores ao início da campanha.

08h33 -A Alemanha registou, este sábado, mais 980 mortos e 18.678 casos de infeção por Covid-19. Segundo o Instituto Robert Koch, no total, desde que a pandemia teve início no país germânico, há a registar 45.974 mortes e 2.019.636 infetados. O país, que tinha passado a barreira dos 2 milhões de casos ontem, passa assim hoje a meta dos 45 mil óbitos.

07h44 - Marcelo Rebelo de Sousa defende que seria uma aventura mudar de Presidente da República a meio da pandemia e considera que o leque de candidatos provavelmente seria diferente se não se tivesse recandidatado ao cargo. "Estou convencido que tenho melhores condições para ser o próximo Presidente da República, pela experiência de mandato, por estar a gerir a pandemia, mal ou bem, e estarmos a meio dela. A substituição a meio é sempre um imponderável, uma aventura", disse durante uma entrevista à Rádio Renascença e ao jornal Público.No entanto, ressalvou que apela "ao voto em qualquer um dos candidatos", que no seu entender "é preferível à abstenção, a voto branco, a voto nulo".

07h31 - A Índia registou 175 mortes por Covid-19 e 15.158 casos nas últimas 24 horas, informaram hoje as autoridades indianas, no mesmo dia em que começou a campanha de vacinação naquele país, o segundo mais populoso do mundo. A primeira vacina foi hoje administrada a um trabalhador do setor da saúde na capital, Nova Deli, seguindo-se pouco depois outros funcionários de hospitais, considerados um grupo prioritário, em vários estados do país.

07h27 - Os procedimentos de diagnóstico de doenças cardiovasculares caíram quase dois terços durante a primavera de 2020, face a 2019, segundo um estudo com dados de 900 hospitais de 108 países, que atribui a quebra à pandemia de Covid-19. De acordo com um inquérito da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), divulgado na sexta-feira, houve uma quebra de 64% nos exames cardiológicos em março e abril de 2020 em relação ao mesmo período do ano anterior, havendo um impacto "súbito e significativo" em todas as regiões estudadas.

07h25 - O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou na sexta-feira que o avião que transportará vacinas contra a Covid-19 para o Brasil vindo da Índia partirá nos próximos "dois ou três dias", com um atraso, devido a "pressões políticas". Dois milhões de vacinas contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford deveriam chegar ao país ainda este sábado, segundo previsões do próprio ministro da Saúde brasileiro, que reafirmou que a vacinação terá início este mês.

07h13 -A Comissão de Saúde da China anunciou 130 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, incluindo 115 de contágio local, a maioria nas províncias de Hebei e Heilongjiang. Hebei, que conta com várias cidades seladas e milhões de habitantes em quarentena, diagnosticou 90 casos de origem local, enquanto na província de Heilongjiang, na fronteira com a Rússia, foram registados 23 contágios locais

07h08 - O México contabilizou 21.366 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, o valor mais alto desde o início da pandemia, totalizando mais de 1,6 milhões de infeções (1.609.735), anunciaram as autoridades mexicanas. Nas últimas 24 horas, registaram-se também 1.106 mortes provocadas pelo novo coronavírus, elevando o total de óbitos para 139.022.

07h03 - Os Estados Unidos contabilizaram 3.465 mortes provocadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, além de 221.258 casos, segundo uma contagem independente da Universidade Johns Hopkins.Desde o início da pandemia, os EUA acumularam mais de 23,5 milhões de casos confirmados (23.503.587) e 391.624 mortos. Os Estados Unidos são o país com mais mortes provocadas pelo novo coronavírus e também com mais casos de infeção.

07h00 - Bom dia, iniciamos um novo registo, mas pode recordar o acompanhamento anterior aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Filas de ambulâncias frente a hospitais; 2.ª dose a chegar

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório