Meteorologia

  • 07 MARçO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Espanha regista 40.197 contágios num dia, um novo máximo no país

Autoridades de Saúde espanholas indicam que foram registados, nas últimas 24 horas, 40.197 novos casos de infeção e 235 óbitos associados à doença Covid-19.

Espanha regista 40.197 contágios num dia, um novo máximo no país

O Ministério da Saúde espanhol reporta, esta sexta-feira, um acréscimo de 40.197 casos de contágio ao balanço total, uma descida em relação à véspera (35.878), e um novo máximo diário desde o início da pandemia no país.

O número total de casos de pessoas com diagnóstico positivo confirmado pelo teste PCR é agora de 2.252.164.

As autoridades sanitárias confirmaram, ainda, que o índice de incidência acumulada continua a subir e que se situa agora nos 575,1 casos por cada 100 mil habitantes, nos 14 dias anteriores, também ultrapassando o recorde da segunda vaga, alcançado a 9 de novembro, com 529 casos por cada 100 mil habitantes.

É ainda registada a morte de 235 pessoas nas últimas 24 horas, um número ligeiramente superior ao dia anterior (201). Em termos globais, Espanha já contabiliza 53.314 mortes desde o início da crise pandémica.

Nas últimas 24 horas, deram entrada nos hospitais 2.816 pessoas com a doença, das quais 526 na Comunidade Valenciana, 496 na Catalunha, 427 em Madrid e 402 na Andaluzia.

Em todo o país há 19.657 pessoas hospitalizadas com a Covid-19, o que corresponde a 16% das camas, das quais 2.953 pacientes em unidades de cuidados intensivos, 30% das camas desse serviço.

A saúde é um setor que está descentralizado em Espanha e o aumento da taxa de contágio levou praticamente todas as comunidades autónomas a anunciar nas últimas horas novas medidas de luta contra a pandemia de Covid-19.

Várias regiões pediram mesmo ao Governo central que estude a possibilidade de voltar a impor o confinamento domiciliário.

A Espanha decidiu esta terça-feira prolongar até 2 de fevereiro próximo as limitações à chegada de aviões e barcos vindos do Reino Unido, devido à situação epidemiológica naquele país e à variante britânica da Covid-19 que transmite a doença de forma mais rápida.

Leia Também: AO MINUTO: Professores não são grupo de risco; Espanha com novo máximo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório