Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Dezenas de pessoas referenciadas como terroristas estiveram no Capitólio

Maior parte desses indivíduos são supremacistas brancos e fazem parte de  uma base de dados de vigilância a terroristas.

Dezenas de pessoas referenciadas como terroristas estiveram no Capitólio

Dezenas de pessoas que estão referenciadas como potenciais terroristas estiveram, alegadamente, no ataque ao Capitólio, em Washington, D.C., na semana passada.

De acordo com o Washington Post, que avança esta quinta-feira com a notícia, a maior parte desses indivíduos são supremacistas brancos e fazem parte de uma base de dados de vigilância a terroristas.

Esta base de dados, porém, não se cruza com a lista de pessoas proibidas de voar pelo governo. Ou seja, aquelas pessoas não estão automaticamente proibidas de frequentar locais públicos nem são constantemente vigiadas pelas autoridades.

A lista permite que as forças policiais estejam mais atentas a determinadas pessoas, caso se cruzem com elas.

Contactados pelo Washington Post, a polícia federal norte-americana (FBI) recusou comentar.

Recorde-se que já foram abertos mais de 170 processos relativos ao motim levado a cabo no dia 6 de janeiro, no edifício do Congresso, que culminou na morte de cinco pessoas, incluindo um agente de autoridade. Pelo menos 70 invasores já foram detidos.

Recorde-se que está em curso uma investigação conduzida pelos Gabinetes do FBI de Washington, de Dallas e de Memphis e pela Polícia do Capitólio dos Estados Unidos.

Leia Também: Capitólio: Homem da camisola de Auschwitz detido. 'Alpinista' entregou-se

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório