Meteorologia

  • 05 JULHO 2022
Tempo
30º
MIN 17º MÁX 31º

Detido no Uganda advogado de cantor e candidato opositor Bobi Wine

Um destacado advogado ugandês especializado em direitos humanos, Nicholas Opiyo, que defende, entre outros, o cantor e candidato opositor Bobi Wine, foi detido hoje sob a acusação de lavagem de dinheiro, informou a polícia.

Detido no Uganda advogado de cantor e candidato opositor Bobi Wine
Notícias ao Minuto

17:50 - 22/12/20 por Lusa

Mundo Bobi Wine

Opiyo é o fundador da organização não-governamental Capítulo Quatro, muito ativa no Uganda na defesa das liberdades civis.

É também advogado de muitos ativistas comunitários, assim como do popular cantor e deputado Bobi Wine, 38 anos, o principal opositor declarado do Presidente ugandês, Yoweri Museveni, no poder desde 1986, nas eleições presidenciais marcadas para janeiro.

"Queremos confirmar a prisão do advogado Nicholas Opiyo por uma unidade conjunta de segurança e informação financeira, acusado de branqueamento de capitais e delitos relacionados", anunciou a polícia ugandesa na sua conta do Twitter, sem mais pormenores.

O advogado "ainda está detido na Divisão Especial de Investigação", acrescentou a polícia.

A Capítulo Quatro denunciou o que considera ser o "rapto brutal" do seu diretor-executivo, que estará a ser mantido incomunicável, numa "violação arbitrária da sua liberdade pessoal".

A ONG disse estar "tanto mais preocupada com a segurança e bem-estar do Opiyo quanto ele está detido sem qualquer proteção legal", e adiantou estar "a recolher os factos e a estudar a situação", tendo prometido que irá tomar medidas "para assegurar que seja libertado rapidamente".

Segundo Bobi Wine, Opiyo foi preso juntamente com três outros advogados e um membro do seu partido, que estão a investigar a violência de 18 e 19 de novembro no Uganda, desencadeada pela detenção do cantor e candidato opositor.

Segundo a polícia, pelo menos 37 pessoas foram mortas durante os confrontos.

"A defesa dos direitos humanos não é um crime. Sabemos que esta detenção tem por objetivo impedir a investigação em curso", disse Bobi Wine.

O Opiyo foi o vencedor do Prémio Allison de Forges 2015 da Human Rights Watch (HRW) pela sua "dedicação inabalável à defesa dos direitos humanos de todos os ugandeses, incluindo os da comunidade LGBT, desafiando as leis discriminatórias em tribunal e dando voz aos princípios universais dos direitos humanos".

O Uganda tem eleições marcadas para janeiro e o cantor e candidato Bobi Wine, que desafia o chefe de Estado, tem sido detido por diversas vezes e impedido de se deslocar para fazer campanha pelo país, além de ver a sede do seu partido revistada pela polícia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório