Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Rússia continua colaboração antiterrorista no Iraque

A Rússia vai continuar a colaborar com as autoridades iraquianas na luta contra o terrorismo, independentemente dos planos dos Estados Unidos de reduzir o seu contingente naquele país, declarou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov.

Rússia continua colaboração antiterrorista no Iraque
Notícias ao Minuto

15:55 - 25/11/20 por Lusa

Mundo Rússia

"No que diz respeito à Rússia, colaboramos com o Iraque e outros países da região na luta contra o terrorismo, independentemente dos planos que os Estados Unidos tenham para sair ou entrar em algum lugar", apontou Lavrov, em conferência de imprensa conjunta com o homólogo iraquiano, Fuad Hussein.

O chefe da diplomacia russa sublinhou que Moscovo tem "acordos sólidos" com Bagdad sobre esse assunto e recordou que no centro de informação da capital iraquiana trabalham especialistas da "Rússia, Irão, Iraque e Síria".

Ao mesmo tempo, afirmou que as tropas dos EUA no Iraque, Afeganistão e Síria estão, na verdade, a lutar contra ameaças terroristas "que, em termos gerais, eles próprios criaram".

Hussein, por sua vez, abordou a presença de terroristas estrangeiros nos territórios da Síria e Iraque, mas assinalou que "uma grande parte deles está [agora] na prisão".

Nesse sentido, Lavrov indicou que os terroristas devem ser julgados nos países de origem ou em países onde cometerem atos criminosos.

"Qualquer outra opção seria ilegítima", sublinhou o ministro russo.

O secretário norte-americano da Defesa em funções, Cristopher C. Miller, anunciou, na semana passada, a retirada de tropas norte-americanas no Afeganistão até ficarem 2.500 efetivos até 15 de janeiro de 2021, e um número semelhante no Iraque.

Miller assegurou que a decisão não supõe uma mudança na política e é consistente com os objetivos estratégicos dos EUA.

Atualmente, os Estados Unidos mantêm cerca de 4.500 militares no Afeganistão e 3.000 no Iraque.

No ano passado, Lavrov fez a sua primeira visita ao Iraque nos últimos cinco anos, durante a qual se reuniu com as autoridades do país para fortalecer os laços bilaterais, em particular nos setores de energia e humanitários.

Leia Também: Emboscada faz oito mortos no Iraque

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório