Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2020
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

ONU pede que se garantam eleições inclusivas e pacíficas na Tanzânia

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, apelou hoje para que todos os atores políticos na Tanzânia assegurem eleições presidenciais inclusivas e pacíficas esta quarta-feira, nomeadamente tornando mais fácil às mulheres votar.

ONU pede que se garantam eleições inclusivas e pacíficas na Tanzânia

Através do seu porta-voz, Stephane Dujarric, Guterres pediu para se "assegurar que as eleições se realizem de forma inclusiva e pacífica".

"Um processo eleitoral inclusivo e uma participação ampla e efetiva dos partidos políticos e dos seus candidatos, especialmente mulheres, é essencial para salvaguardar os progressos feitos pela República Unida da Tanzânia na consolidação da estabilidade, democracia e desenvolvimento sustentável", acrescentou Guterres, em comunicado.

O secretário-geral da ONU apelou aos líderes políticos para "participarem neste exercício de forma pacífica e para se absterem de violência", enquanto apelava às autoridades para proporcionarem um ambiente seguro para todos os tanzanianos irem livremente às urnas na quarta-feira.

Mais de 29 milhões de pessoas, incluindo eleitores da região autónoma de Zanzibar, são chamados a votar na quarta-feira.

O Presidente, John Magufuli, candidato do partido Chama Cha Mapiduzi, que governa o país africano desde a sua independência, em 1961, tenta a reeleição.

Magufuli enfrenta 15 concorrentes de diferentes partidos nestas eleições, embora Tundu Lissu, do partido Chadema, seja o adversário com mais hipóteses.

A oposição tem criticado as autoridades do país por desqualificar os candidatos e dificultar o trabalho dos críticos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório