Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2020
Tempo
26º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

AO MINUTO: Mais 770 contágios no último dia. Alunos amontoados em escola

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no resto do Mundo.

AO MINUTO: Mais 770 contágios no último dia. Alunos amontoados em escola

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais dez mortes (uma variação de 0,53%, sendo que não se contabilizavam tantos desde 9 de julho, quando houve 13) e 770 novos casos (mais 1,17% em relação a ontem e maior número de casos diários desde 10 de abril) do novo coronavírus

Esta quinta-feira,  mais de 1,2 milhões de alunos dos 1.º ao 12.º anos estão todos de regresso à escola para mais um ano letivo que começa com novas regras para tentar minimizar os impactos da Covid-19. 

Em todo o mundo, a pandemia já causou mais de 941 mil mortos e 29,9 milhões de infetados em 196 países e territórios.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no resto do Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no resto do Mundo: 

16h00 - Boa tarde! Este registo termina aqui, mas o acompanhamento ao minuto segue.

15h15 - Portugal regista 770 novos contágios pelo novo coronavírus, o maior número de novos casos desde 10 de abril (altura em que o país se encontrava em Estado de Emergência). O boletim desta quinta-feira notifica mais 10 mortos devido à Covid-19, o que também representa um aumento (já não se verificava um número tão elevado desde 9 de julho, dia em que se registaram 13 mortos). 

14h45 - Questionada sobre a coerência da saída de Jamila Madeira do Governo (tendo em conta a célebre frase de António Costa: "Em tempo de guerra não se mudam os generais"), a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, disse esta quinta-feira, no briefing que seguiu à reunião de Conselho de Ministros, que a constituição do Executivo é  da responsabilidade do primeiro-ministro, abstendo-se, por isso, de fazer qualquer comentário.  

Sobre os horários desfasados aprovados hoje para Lisboa e para o Porto, a ministra esclareceu que não se trata de turnos e que em causa estão desfasamentos de 30 a 60 minutos nas horas de entrada e saída "apenas com o objetivo" de evitar que os trabalhadores se cruzem e que, assim, contribuam para a transmissão da Covid-19. "Não se trata de uma alteração à legislação laboral", mas sim uma "alteração cirúrgica que se quer de efeitos muito limitados na vida dos trabalhadores", clarificou ainda.

14h00 - Os Açores registaram nas últimas 24 horas um novo caso positivo de covid-19 em São Miguel e a recuperação de um doente na mesma ilha, informou hoje a Autoridade de Saúde Regional.

13h30 - Mais de mil alunos amontoaram-se hoje de manhã junto a uma escola em Lisboa, cujo acesso se fez por apenas uma porta estreita, juntando estudantes que lá dentro estão separados em "turmas bolha" para prevenir a Covid-19.

12h36 -  Morreu uma das idosas infetadas com Covid-19 em lar ilegal de Évora, revelou hoje a unidade hospitalar. Contactada pela agência Lusa, fonte do HESE referiu que se trata de uma idosa, de 88 anos. Dos outros três utentes do Lar da Quinta da Sizuda, na periferia de Évora e onde foi detetado um surto de covid-19, que se encontravam internados no hospital, dois ainda permanecem na unidade, já que "um outro utente teve alta clínica para o lar".

12h20- Dois detidos, em Bucelas, por incumprimento do confinamento obrigatório. Em comunicado, a GNR refere que o homem, de 65 anos, a mulher, de 57 anos, foram detidos em flagrante delito. Na decorrer da ação de patrulhamento, os militares intercetaram o casal, que circulava no recinto do mercado da vila, tendo sido conduzido, de imediato, para a sua residêndia

12h00- Jamila Madeira, até aqui secretária de Estado e Adjunta da Saúde, confessa ter ficado surpreendida com a decisão do Governo relativamente à sua permanência no cargo do qual, soube-se ontem, foi exonerada. Em declarações à RTP, a socialista disse não ter pedido para sair, sublinhando estar de consciência tranquila. O jornal Público refere que a saída de Jamila do Governo terá mesmo sido uma exigência de Marta Temido. 

11h30 - Um novo cálculo da Comissão Europeia, hoje divulgado, retira dois mil milhões de euros ao montante em subvenções que Portugal receberá no âmbito do Fundo de Recuperação pós-crise, baixando o total para 13 mil milhões de euros.

Em julho passado, num Conselho Europeu histórico, os líderes europeus chegaram a um acordo para retoma da economia comunitária pós-crise da covid-19 num pacote total de 1,82 biliões de euros, no qual se inclui um Fundo de Recuperação de 750 mil milhões de euros.

10h58- A Organização Mundial de Saúde considerou que as taxas de transmissão da Covid-19 na Europa são alarmantes, assinalando que o mês de setembro tem que ser um alerta.

"Temos perante nós uma situação muito grave, com mais casos semanais do que se verificava no primeiro pico da pandemia na Europa, em março passado. Na semana passada, o total de casos superou os 300 mil", afirmou o diretor regional da OMS para a Europa, Hans Kluge, em conferência de imprensa virtual.

10h50 - O Estabelecimento Prisional de Chaves tem 11 casos ativos de Covid-19, seis dos quais trabalhadores, que estão em isolamento em casa, e cinco reclusos, que estão internados no Estabelecimento Prisional do Porto.

10h45 - Cinco bombeiros da corporação de Felgueiras estão infetados com Covid-19 e encontram-se em isolamento, disse à Lusa o comandante Júlio Pereira, indicando que outros 10 elementos estão a cumprir quarentena, apesar de terem testado negativo.

10h20 - Entre os dias 1 e 14 de setembro, o incumprimento das regras de contingência e de alerta deu origem a um total de 304 autos de contraordenação em Portugal Continental, informou hoje a GNR e PSP.

Destes 304 autos, as infrações mais frequentes foram:

  • O incumprimento das regras de consumo de bebidas alcoólicas na via pública -175 autos;
  • O incumprimento do uso de máscara nos estabelecimentos, salas de espetáculos ou edifícios públicos - 46 autos;
  • O incumprimento dos horários de funcionamento dos estabelecimentos - 25 autos;
  • O incumprimento das regras de ocupação, permanência e distanciamento físico nos locais abertos ao público - 24 autos.

No mesmo período, foram encerrados 21 estabelecimentos e suspensa a atividade de outros sete pelo incumprimento das regras de funcionamento (nomeadamente ao nível da possibilidade de abertura ao público, horário de funcionamento ou regras de permanência no espaço reservado a clientes).

Foram ainda efetuadas 11 detenções por desobediência ao acatamento das ordens emanadas pelas forças de segurança.

10h19-  A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) tem um plano para testar o regresso dos adeptos aos estádios de forma faseada e gradual, confirmou hoje à Lusa o secretário-geral adjunto da Associação de Ligas Europeias (European Leagues).

Alberto Colombo explicou que o plano da LPFP, que já foi apresentado ao Governo, defende que seja experimentado o regresso dos adeptos, partindo de um número reduzido, nunca mais de 10% da capacidade dos recintos, para, depois, aumentar de forma gradual.

Este crescimento também seria acompanhado da abertura gradual dos vários setores dos estádios, assegurando o distanciamento de segurança aconselhado na prevenção à infeção pelo novo coronavírus.

10h10 -  Cabo Verde está entre os países com maior taxa de incidência da pandemia relativamente ao número de habitantes, indicou hoje o diretor do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC). De acordo com dados do Ministério da Saúde compilados hoje pela Lusa, Cabo Verde diagnosticou de 19 de março a 16 de setembro um total de 4.978 casos de Covid-19, a um ritmo que já este mês chegou a um pico máximo diário de 102 amostras positivas em praticamente seis meses.

9h50 - Afinal, é mesmo pouco provável que o pangolim tenha sido o hospedeiro secundário do SARS-CoV-2. É esta a conclusão de um novo estudo internacional, no qual participou o português Agostinho Antunes.

O estudo, liderado pela Universidade Wenzhou-Kean, na província chinesa de Zhejiang, e pela Fundação para a Conservação da Biodiversidade e o Desenvolvimento Verde da China, aponta que existe maior semelhança genética entre o coronavírus detectado nos morcegos e o novo coronavírus, depois de terem analisado dois pangolins, um deles infetado com um tipo de coronavírus.

Notícias ao MinutoPangolim© Shutterstock

9h40- Produtos de combate à Covid-19? Uma das medidas de combate à pandemia gerada pela Covid-19 foi a isenção completa ou taxa zero de IVA para as transmissões e aquisições intracomunitárias de bens necessários para combater os efeitos do surto da Covid-19. Saiba mais aqui.

9h20- Segundo dados do Instituto Robert Koch (RKI) de virologia, as autoridades de saúde alemãs registaram 2.194 novas infeções nas últimas 24 horas, o maior número desde 23 de abril. O número de casos ativos é de cerca de 20.000 e o total de positivos desde que foi divulgado o primeiro caso de contágio no país, no final de janeiro, é de 265.857. Nas últimas 24 horas, ocorreram mais três mortes, elevando o número de óbitos para 9.371.

8h20 - Ao longo desta semana, alguns estabelecimentos de ensino foram reabrindo, sendo hoje o último dia estabelecido pelo Ministério da Educação (ME) para reiniciar as atividades letivas presenciais. No total, são mais de 5.300 escolas públicas e cerca de mil privadas que neste novo ano seguem um conjunto de regras definidas pelo ME e pela Direção-Geral da Saúde devido à pandemia de Covid-19.

8h15- O mercado automóvel europeu, atingido na primavera pela crise de Covid-19, caiu 18,9% em agosto relativamente a igual período do ano passado, de acordo com dados divulgados hoje.

7h58 - Um grupo de países ricos, que representam 13% da população mundial, já adquiriu metade das futuras doses de vacina contra a covid-19 em estudo, indicou um relatório da organização não-governamental (ONGOxfam.

7h20 - O México registou 300 mortes causadas pela Covid-19 e 4.444 contágios nas últimas 24 horas, disseram na quarta-feira as autoridades de Saúde mexicanas.

7h15 - A China atingiu hoje 32 dias consecutivos sem registar infeções locais de Covid-19, já que os nove casos diagnosticados nas últimas 24 horas são todos oriundos do exterior, anunciaram as autoridades. Desde o início da pandemia, a China registou 85.223 infetados e 4.634 mortos devido à Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2.

7h10 - Os Estados Unidos registaram 968 mortes causadas pela covid-19 e 23.261 infetados nas últimas 24 horas, indicou na quarta-feira a Universidade Johns Hopkins.

7h00 - Bom dia! Iniciamos aqui o acompanhamento dos desenvolvimentos da pandemia no país e no mundo. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório