Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2020
Tempo
23º
MIN 18º MÁX 25º

Edição

Covid-19: Estados Unidos apoiam Cabo Verde com 1,5 milhões de dólares

O Governo norte-americano anunciou hoje um apoio de 1,5 milhões de dólares (1,3 milhões de euros) a Cabo Verde, para ajudar o arquipélago na mitigação da crise económica provocada pela pandemia de covid-19.

Covid-19: Estados Unidos apoiam Cabo Verde com 1,5 milhões de dólares
Notícias ao Minuto

14:47 - 03/09/20 por Lusa

Mundo Pandemia

Em nota a que a Lusa teve acesso, a Embaixada dos Estados Unidos na Praia explica que este apoio, confirmado pelo Departamento de Estado, será concedido "a empresas cabo-verdianas que trabalham em setores de mão de obra intensiva", predominantemente empregando mulheres e jovens.

"Os fundos serão investidos com o objetivo de manter empregos e permitir que essas empresas se ajustem às rápidas mudanças no ambiente económico, causadas pela pandemia", lê-se.

As receitas do Turismo representam 25% do Produto Interno Bruto (PIB) de Cabo Verde, mas o arquipélago está encerrado de desde 19 de março a voos internacionais, sem prazo para retoma da atividade turística, pelo que o país já enfrenta uma profunda crise económica.

A Embaixada norte-americana acrescenta que este financiamento é parte de um investimento total norte-americano de 5,8 milhões de dólares do Fundo de Apoio Económico (ESF) destinado a ajudar Cabo Verde, Zimbabué e Djibuti para "financiar esforços de mitigação de curto prazo e enfrentar os impactos de segunda ordem da pandemia a longo prazo, em vários setores".

O apoio a Cabo Verde será gerido pelo Embaixada norte-americana e pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), através do Hub de Comércio e Investimento da África Ocidental, "uma iniciativa destinada a gerar novos investimentos privados, criar empregos e aumentar o valor das exportações com ênfase particular na capacitação de mulheres e jovens".

Segundo a Embaixada, esta apoio financeiro junta-se ao equipamento no setor da saúde disponibilizado em junho ao Ministério da Saúde de Cabo Verde, "para apoiar populações vulneráveis e abastecer centros de saúde locais na luta contínua contra a covid-19".

"Esta iniciativa tem por base a histórica assistência externa dos EUA a Cabo Verde, totalizando mais de 284 milhões de dólares nos últimos 20 anos, dos quais mais de 61 milhões de dólares foram investidos no domínio da saúde", recorda a mesma nota.

Cabo Verde contava até 02 de setembro com um acumulado de 4.048 casos de covid-19, com 41 mortos.

A pandemia do coronavírus que provoca a covid-19 já provocou pelo menos 863.679 mortos e infetou mais de 26 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório