Meteorologia

  • 28 SETEMBRO 2020
Tempo
25º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

AO MINUTO: Estado em dívida; Brasil com mais de 106 mil óbitos

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Estado em dívida; Brasil com mais de 106 mil óbitos
Notícias ao Minuto

15:37 - 14/08/20 por Silvia Abreu 

Mundo Pandemia

O novo coronavírus continua a somar vítimas pelo mundo. Em Portugal, desde o início da pandemiahá a registar 1.772 óbitos e 53.783 infetados (sendo que duas mortes e 235 casos foram registados nas últimas 24 horas).

Com alguns países (como Espanha, França e Alemanha) a sofrerem um aumento no número diário de casos, Portugal encontra-se "numa situação de estabilidade", disse hoje a ministra da Saúde, Marta Temido, durante a conferência de imprensa sobre a evolução do SARS-CoV-2.

Apesar da "situação de estabilidade", a taxa de transmissibilidade  subiu nos últimos dias, situando-se acima de um.

"Estes resultados aconselham uma atitude de precaução e manutenção do esforço consistente de todos, face aquilo que é a evolução do contexto internacional", acrescentou.

Para combater o número de novos casos crescente, Espanha anunciou, esta sexta-feira, a implementação de medidas mais restritivas. Passa, assim, a ser proibido fumar na rua e foi decretado o encerramento de todos os espaços de diversão noturna - como bares e discotecas -, em todo o território espanhol.

Bruxelas fechou hoje um acordo para a compra de 300 milhões de doses de uma vacina contra a Covid-19. 

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no resto do Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - Este registo termina aqui, mas pode acompanhar um novo na manhã de sábado. Até lá, mantenha-se em segurança e cumpra todas as recomendações das autoridades de saúde. Em caso de sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h40 - O principal epidemiologista dos Estados Unidos, Anthony Fauci, disse, esta sexta-feira, que, cada vez que vê pessoas a ignorarem o distanciamento social, o seu sangue "evapora".

"O meu sangue evapora cada vez que vejo pessoas dentro de um bar ou numa área sobrelotada", disse, em declarações ao The Washington Post. 

Especialmente, acrescentou, quando vê pessoas nestas situações sem máscara.

23h05 - Atualização no Brasil. Com um total acumulado de 3.275.520 infetados, o Brasil é o segundo país do mundo com mais casos confirmados, atrás do Estados Unidos. Desse total,  50.644 contágios foram reportados nas últimas 24 horas. 

Em termos de vítimas mortais, há a lamentar mais 1.060, sendo agora o total acumulado de 106.523.

22h30 - "Novos surtos são a norma, não a exceção". Novos surtos de Covid-19 estão a acontecer um pouco por toda Europa, com cada país a ter de tomar as suas próprias decisões em relação à forma como lidam com estes focos, disse, esta sexta-feira, a ministra dos Assuntos Exteriores espanhola, em reação à decisão alemã, de declarar grande parte de Espanha como de risco.

"Novos surtos são a norma, não a exceção. Em Espanha ou noutro país qualquer da União Europeia", afirmou 

22h00 - A Fundação Portuguesa do Pulmão defendeu hoje a extensão do uso obrigatório de máscara a todos os lugares públicos, mesmo que exteriores, para combater a pandemia de Covid-19, e aconselha "vivamente" as autoridades de saúde a tomar a medida.

21h32 - Paris proíbe ajuntamentos com mais de 10 pessoas. As concentrações com mais de 10 pessoas estão proibidas em Paris se os comportamentos de proteção à propagação da Covid-19 não estiverem a ser cumpridos, anunciou hoje a polícia francesa.

O uso obrigatório de máscara, já em vigor em vários locais da capital, será também estendido a partir das 08h00 de sábado (07h00 em Lisboa) a parte dos Campos Elísios e do bairro do Louvre, explicou a mesma fonte.

21h11 - País Basco vai declarar emergência sanitária. A partir da próxima segunda-feira, o País Basco, em Espanha, estará sob emergência sanitária, avança o El País.

Desta forma, Iñigo Urkullu poderá adotar, "com garantias jurídicas", as decisões decretadas hoje pelo ministro da Saúde espanhol e outras complementares, que afetem esta comunidade autónoma. Fontes do Executivo, em declarações ao meio de comunicação espanhol, garantiram que deverá estar fora de hipótese a adoção de medidas mais restritivas, como o confinamento da população.

21h08 - Atualização em São Tomé e Príncipe. O país registou entre quinta-feira e hoje mais três novos casos de Covid-19, elevando o número de infetados para 885, disse hoje a porta-voz do Ministério da Saúde, Isabel dos Santos.

21h00 - Argentina estende quarentena. O Presidente argentino anunciou hoje a extensão do isolamento social mais prolongado do mundo até 30 de agosto, negando que exista uma quarentena, e anunciou o endurecimento das restrições em várias áreas "onde o contágio cresce de forma preocupante".

19h59 - Estado em dívida. O Sindicato dos Jornalistas lamentou hoje que o Governo não tenha disponibilizado os 15 milhões de euros relativos à compra antecipada de publicidade institucional, vincando que o executivo está em dívida com as empresas que já prestaram o serviço.

"Na segunda-feira completam-se quatro meses desde a conferência de imprensa em que o Governo anunciou um apoio de emergência para as empresas da comunicação social [...]. A não ser que aconteça uma surpreendente transferência de última hora, vão completar-se 120 dias desde que a promessa foi feita, chegando-se, assim, a um ponto em que o adiantamento é já um atraso", apontou, em comunicado, o Sindicato dos Jornalistas (SJ).

19h57 - Ventiladores chegam domingo. Um carregamento de 114 ventiladores comprados há meses pelo Governo português na China tem chegada prevista para domingo ao aeroporto de Lisboa, numa operação coordenada com a embaixada de Portugal na China.

19h50 - Atualização em África. O número de mortes por Covid-19 em África ultrapassou hoje as 24.600, com o continente a registar mais de 1,086 milhões de infetados e 780 mil doentes recuperados, segundo os dados oficiais mais recentes.

19h24 - Atualização na Croácia. O país registou hoje 208 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, o que significa um máximo de novas infeções pelo segundo dia consecutivo, divulgou o gabinete croata para a luta contra a pandemia.

19h13 - Festa do Avante!. Direção Geral da Saúde (DGS) informou, na tarde desta sexta-feira, ter recebido hoje, da direção da Festa do Avante!, "o Plano de Contingência para a iniciativa". A Autoridade acrescenta, na mesma nota enviada às redações, que o "documento irá ser analisado tecnicamente nos próximos dias". 

19h09 - Atualização na Madeira. A região autónoma registou mais um infetado pelo novo coronavírus, elevando para 130 o total de casos notificados na região, dos quais 100 estão recuperados, anunciou hoje o Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE).

19h07 - A Suíça apenas vai permitir a entrada de cidadãos de 19 países exteriores ao Espaço Schengen, a partir de domingo, por causa pandemia, de acordo com a atualização mais recente das autoridades suíças sobre a evolução epidemiológica.

O Departamento Federal de Justiça e Polícia suíço dá agora conta, citado pela France-Presse (AFP), de que às 00h00 de domingo, todos os Estados exteriores ao Espaço Schengen são considerados "de risco", com exceção de Andorra, Austrália, Bulgária, Canadá, Chipre, Coreia do Sul, Croácia, Geórgia, Irlanda e Japão.

Também estão fora da lista vermelha Mónaco, Nova Zelândia, Roménia, Ruanda, São Marino, Vaticano, Tailândia, Tunísia e Uruguai.

Para todos os países que não são considerados "de risco", a entrada de cidadãos na Suíça é permitida, mas poderão estar sujeitas a quarentena obrigatória, como, por exemplo, foi imposto na semana passada aos viajantes que provinham de Espanha.

18h55 - Atualização mundial. A pandemia de Covid-19 já fez pelo menos 754.649 mortes em todo o mundo desde que foi comunicado na China o surto da doença, no final de dezembro, segundo um balanço da AFP a partir de fontes oficiais.

Segundo a agência de notícias francesa já foram oficialmente relatados mais de 20.962.510 casos de infeção, em 196 países e territórios, dos quais pelo menos 12.789.500 são agora considerados curados.

18h50 - Atualização em França. O país voltou a registar, pelo terceiro dia consecutivo, mais de dois mil novos casos em 24 horas. Esta sexta-feira, os dados da Direção-Geral da Saúde indicam um aumento de 2.846 contágios no último dia. Há ainda a lamentar mais 18 óbitos

Desde o início da pandemia, o país contabiliza um total acumulado de 212.211 infetados e 30.406 vítimas mortais.

18h19 - De acordo com o The New York Times, o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças atualizou as suas orientações, sugerindo que quem recupera do vírus está protegido (de o apanhar novamente) durante três meses. Este é o primeiro reconhecimento de que a imunidade do vírus pode persistir até, pelo menos, três meses.

"Quem testou positivo ao novo coronavírus não precisa de fazer quarentena, nem ser testado, até, pelo menos, três meses, desde que não apresente qualquer sintoma", indica o jornal norte-americano. Já quem apresentar sintomas novamente, dentro de três meses, "pode necessitar de ser testado, se não foram identificadas outras causas para esses sintomas". 

18h04 - Apoios na Cultura. A plataforma cívica Convergência pela Cultura divulgou hoje um manifesto, originado pela "falta de resposta da tutela às várias solicitações" feitas desde março, mês em que o setor teve que parar devido à pandemia da Covid-19.

17h53 - O governo norte-americano terá começado a fabricar uma estirpe do novo coronavírus que poderá ser usada nos testes de vacinas em humanos. Um estudo controverso, onde pessoas saudáveis são, propositadamente, infetadas com o vírus, reporta a Reuters.

17h46 - Atualização em Moçambique. O país registou, nas últimas 24 horas, mais 70 infeções pelo novo coronavírus, elevando o total de casos para 2.708, mantendo-se com 19 óbitos, anunciou o Ministério da Saúde.

17h36 - Mais equipas multidisciplinares. O subdiretor-geral da Saúde, Rui Portugal, afirmou hoje que o reforço das equipas multidisciplinares de combate à Covid-19 "não é exclusivo" da Área Metropolitana de Lisboa e explicou que a sua ampliação permite também preparar o outono e o inverno.

17h20 - Grécia limita ajuntamentos. O país colocou um limite máximo, temporário, de 50 pessoas por ajuntamento e decretou o fecho de bares e restaurante às 00h00, reporta a Reuters.

17h05 - Alemanha coloca Espanha entre os países de risco. O recrudescimento da Covid-19 em Espanha levou hoje a Alemanha a colocar todo o país, exceto as ilhas Canárias, na categoria de país de risco.

O anúncio do Ministério da Saúde alemão abrange a ilha de Maiorca, destino de férias favorito dos alemães, e implica que os turistas que regressem dos territórios abrangidos terão de se submeter a um teste ao novo coronavírus e aguardar o resultado em quarentena.

17h03 - Impacto da Covid na Hotelaria. A taxa de ocupação dos hotéis que retomaram a atividade na cidade do Porto situa-se nos 20% a 30%, mas há ainda muitas unidades (10%) fechadas desde março e sem perspetiva de reabertura, avançou hoje fonte da associação APHORT.

16h57 - Atualização em Itália. Desde o início da pandemia do novo coronavírus em Itália, 252.809 pessoas testaram positivo ao novo coronavírus. Do total, 574 casos foram reportados nas últimas 24 horas.

Em termos de vítimas mortais, há a lamentar um total de 35.234 óbitos, dos quais três ocorreram no último dia.

16h11 - Proibir fumar nas ruas? No dia em que Espanha anunciou a proibição de fumar nas ruas, sempre que não seja possível cumprir o distanciamento social, a ministra da Saúde, Marta Temido, afirmou que "neste momento" o governo português "não está a pensar em adotar uma medida semelhante".

Contudo, a ministra deixou uma mensagem: "É evidente que não deixo de secundar aquilo que verifiquei serem as recomendações do meu colega, do ministro da Saúde de Espanha, fumar é uma atividade que tem riscos para a saúde e que, portanto, é evitável em qualquer contexto".

16h05 - Atualização em Espanha. O país registou 2.987 novos casos nas últimas 24 horas, mantendo-se assim a tendência de subida de novos contágios que o país tem vindo a registar. Os dados divulgados esta sexta-feira, representam um aumento face ao dia de ontem (em que foram reportados 2.935 infetados).

Em termos de óbitos, foram reportados mais 12 nas últimas 24 horas e um total acumulado de 62 na última semana.

Desde o início da pandemia, Espanha contabiliza um total acumulado de 342.813 casos confirmados e 28.617 vítimas mortais.

15h47 - Covid no desporto. O Villarreal comunicou, nesta sexta-feira, a existência de um caso positivo de Covid-19 no plantel do submarino amarelo.

15h30 - Conferência DGS. Marta Temido partilhou uma "boa notícia" durante a conferência de imprensa desta sexta-feira.

"Até às 00h00 de ontem não existia nenhum utente Covid-19 positivo nas nossas unidades da rede nacional de cuidados continuados e integrados", disse a ministra da Saúde, sublinhado que "é uma notícia que faz jus àquilo que foi um esforço intenso, naturalmente, das equipas que trabalham nestas unidades" de reabilitação e recuperação. 

15h23 - Ativar.pt. O Governo vai lançar na próxima semana o programa Ativar.pt, que pretende fazer face aos números do desemprego e à evolução que estes possam vir a ter, anunciou hoje a ministra Ana Mendes Godinho.

15h20 - Avante! com lotação reduzida. O PCP anunciou hoje que vai limitar a entrada na sua anual Festa do 'Avante!' a um terço da capacidade total, ou seja, para cerca de 33 mil pessoas, em virtude do contexto de pandemia de Covid-19.

15h19 - Regresso antecipado para evitar quarentena. Turistas britânicos atualmente em férias em França começaram hoje a antecipar o regresso ao Reino Unido para evitar cumprir a quarentena de 14 dias reimposta pelo governo britânico devido ao aumento de infeções de Covid-19. 

15h18 - O subdiretor-geral da Saúde, Rui Portugal, confirmou hoje haver surtos de Covid-19 que aconteceram em atividades de caráter religioso, nomeadamente na região de Lisboa e Vale do Tejo, mas sem precisar números.

15h17 - Surto em Moura controlado. O surto de Covid-19 na aldeia da Póvoa de São Miguel, no concelho alentejano de Moura (Beja), que infetou 31 pessoas, uma das quais morreu, está controlado, indicou hoje o responsável municipal da Proteção Civil.

15h15 - Surto em lar em Sintra. Quarenta e três utentes e 12 funcionários do lar da Associação de Solidariedade e Apoio Social do Pessoal da TAP, em Sintra, testaram positivo à Covid-19, disse hoje à Lusa fonte da câmara municipal.

15h10 - A taxa de transmissibilidade (RT) da Covid-19 em Portugal subiu nos últimos dias, situando-se acima de um (1), afirmou hoje a ministra da Saúde.

"Estes resultados aconselham uma atitude de precaução e manutenção do esforço consistente de todos, face aquilo que é a evolução do contexto internacional", acrescentou.

15h05 - Surto em Mora. O número de pessoas infetadas com Covid-19 na vila de Mora, no distrito de Évora, subiu hoje para 30, com três delas internadas no hospital, incluindo uma em cuidados intensivos, disse o presidente do município. 

15h00 - Atualização em Portugal. O país atingiu as 1.772 vítimas mortais e os 53.783 contágios do novo coronavírus. De acordo com os dados divulgados esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas últimas 24 horas, foram registados dois óbitos e 235 casos confirmados de Covid-19. 

Boa tarde. Pode acompanhar aqui todas as incidências do novo coronavírus. Para recordar o registo anterior, clique aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório