Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2020
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 24º

Edição

Índia. Avião acidentado era voo de repatriamento por causa da Covid-19

Avião levava 191 pessoas a bordo e falhou a aterragem, tendo ultrapassado o limite da pista. Trazia de volta a casa pessoas que tinham ficado retidas por causa da pandemia da Covid-19. Número de vítimas mortais foi revisto para 18.

Índia. Avião acidentado era voo de repatriamento por causa da Covid-19
Notícias ao Minuto

18:45 - 07/08/20 por Anabela Sousa Dantas 

Mundo Air India Express

O avião da Air India Express com 191 pessoas a bordo que resvalou para fora da pista de aterragem, no Aeroporto Internacional de Kozhikode, no estado indiano de Kerala, era um voo de repatriamento de cidadãos indianos que tinham ficado retidos por causa das restrições aéreas causadas pela pandemia da Covid-19.

O voo IX 1344, operado pela Air India Express, num Boeing 737, era um dos voos de repatriamento levados a cabo pela administração indiana, ao abrigo da 'Missão Vande Bharat', conforme é indicado na página oficial do governo.

Segundo o Times of India, incluía pessoas que tinham ficado retidas no estrangeiro e outras que tinham ficado sem emprego e regressavam a casa.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, já reagiu ao acidente, escrevendo, nas redes sociais, que se sentia "destroçado". "Os meus pensamentos estão com aqueles que perderam entes queridos. Que os feridos recuperem rapidamente".

O presidente indiano, Ram Nath Kovind, também reagiu, dizendo-se "profundamente abalado" com as notícias do despenhamento do avião em Kozhikode, no estado de Kerala, garantindo estar em conversações com as autoridades locais e enviando "pensamentos e orações para os passageiros, tripulação e famílias afetadas".

Recorde-se que a polícia local tinha avançado com, pelo menos, 14 vítimas mortais confirmadas, mas o número já foi revisto para 18. São ainda contabilizados 123 feridos, 15 dos quais em estado grave.

As primeiras declarações por parte da Air India Express, subsidiária da Air India, revelaram que estavam a bordo 174 passageiros, dez crianças, dois pilotos e cinco membros da tripulação. O voo IX 1344, proveniente do Dubai, num Boeing 737, acidentou-se na pista às 19h41 (hora local, 15h11 em Lisboa), tendo resvalado para fora da pista, que terá inclinação.

Desconhecem-se as causas do acidente, mas uma cadeia de televisão local apontou um problema no trem de aterragem. 

Sublinhe-se que a Índia está em plena temporada de monções, estando a região assolada por fortes chuvas e deslizamentos de terras. O sul da Índia, em particular o estado de Kerala, tem sido assolado com fortes chuvas nos últimos dias, tendo hoje morrido 15 pessoas num deslizamento de terras no distrito montanhoso de Idukki.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório