Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2020
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Prestes a perder a filha, pai é afastado à força de cama de hospital

Homem tinha sido informado meia hora antes sobre "a sentença de morte" da filha, conta o próprio.

O vídeo que se segue mostra o momento em que a polícia afasta, de forma violenta, o pai de uma criança doente da sua cama de hospital, no norte de Inglaterra. O momento foi registado numa altura em que os médicos informavam a família que iriam desligar as máquinas de suporte de vida da criança, tendo o homem recusado abandonar a menina, de seis anos.

Rashid Abbasi, de 58 anos, ter-se-á recusado a largar a mão da filha, obrigando a que a polícia tivesse de intervir para o afastar do local.

O homem acabou por ser afastado à força, imobilizado e algemado. A polícia foi chamada ao local depois deste pai ter empurrado um médico que o queria impedir de voltar para junto da filha.

Rashid Abbasi, que trabalhou no serviço nacional de saúde britânico como consultor durante 30 anos, e a sua mulher, uma antiga médica, dizem-se inconformados com a forma como foram tratados. Rashid apresentou uma queixa contra os agentes alegando que "agiram como bárbaros".

Segundo a mãe da criança, a família tinha sido informada sobre a decisão médica meia hora antes, motivo pelo qual se pode ouvi-la a pedir aos agentes que tenham compaixão. 

A seguir ao incidente, Rashid, que sofre de problemas cardíacos, terá sofrido um ataque cardíaco e foi submetido, no dia seguinte,  a uma angioplastia de emergência.

De acordo com o Mirror, após esta altercação, a equipa médica recorreu ao tribunal para pedir autorização para desligar as máquinas da criança. Zainab acabou por morrer três dias antes de ser conhecida a decisão do tribunal. A menina sofria de uma doença genética rara, chamada doença de Niemann-Pick, uma condição metabólica hereditária, a qual lhe foi diagnosticada quando tinha três anos.

O incidente aconteceu em agosto do ano passado, e a menina morreu quatro semanas depois. As imagens estão a ser agora partilhadas no âmbito do processo que a família apresentou contra o hospital e a polícia. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório