Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2020
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

AO MINUTO: Uma morte em Portugal, recuperados são o dobro de novos casos

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Uma morte em Portugal, recuperados são o dobro de novos casos

Depois de vários meses de contagem diária de mortes, Portugal assistiu ontem, pela primeira vez desde o início da pandemia, a um dia sem novas mortes associadas ao novo coronavírus. Uma notícia dada pelo secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, de forma emocionada, mas "com a maior cautela e sem euforias desmedidas", pontuando-se como o primeiro sinal positivo de um esforço conjunto.

De acordo com o relatório da situação epidemiológica da DGS, desde o início da pandemia até hoje registaram-se 51.681 casos de infeção confirmados e 1.739 mortes, a última das quais na região Norte.

A região de Lisboa e Vale do Tejo totaliza hoje 26.457 casos de Covid-19, mais 68 do que na segunda-feira, representando 61% do total nacional.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

15h47 - Este registo terminou. Pode continuar a acompanhar as mais recentes notícias aqui.

15h32 - "Faça o seu trabalho", diz Joe Biden a Trump. Depois de mais uma entrevista em que o presidente dos Estados Unidos se mostrou pouco preparado para discutir os números relativos à pandemia do novo coronavírus no país - o mais afetado no mundo -, o candidato presidencial Joe Biden recorreu às redes sociais para tecer críticas ao governante republicano. "Faça o seu trabalho antes que mais famílias americanas sintam a dor de perder um ente querido", escreveu o candidato democrata.

15h27 - Argentina proíbe reuniões familiares em casa mesmo onde não há vírus. A nova extensão do confinamento na Argentina, o mais longo do mundo, prevê uma pena de até dois anos de prisão para familiares que se reúnam em casa, medida que está a provocar críticas e que juristas consideram inconstitucional.

15h21 Polónia soma novo recorde diário com 680 contágios nas últimas 24 horas. A Polónia registou 680 novos casos da doença Covid-19 nas últimas 24 horas, sendo a quarta vez em menos de uma semana que o país assiste a um aumento de infeções diário desde o início da pandemia.

15h18 - Máscara será obrigatória em alguns locais ao ar livre em Paris. As autoridades parisienses querem tornar o uso de máscara obrigatório em alguns locais ao ar livre, para tentar impedir uma nova vaga de infeções, de acordo com o Le Monde. O mesmo jornal indica que a presidente da câmara de Paris, Anne Hidalgo, irá ordenar o uso de máscara em áreas específicas, depois de, na sexta-feira, o governo francês ter concedido autoridade às administrações locais para ordenar o seu uso obrigatório.

15h01 - Entretanto, no Brasil... Um autarca de Itajaí, um município brasileiro localizado no estado de Santa Catarina, na região sul do Brasil, sugeriu uma peculiar opção de tratamento contra a Covid-19: administração retal de ozónio. Um procedimento que não tem eficiência comprovada.

"É uma aplicação simples, rápida, de dois ou três minutinhos por dia, provavelmente vai ser uma aplicação via retal. É uma aplicação tranquilíssima, rapidíssima de dois minutos com cateter fino, e isso dá uma resultado excelente", disse Volnei Morastoni (MDB), citado pelo G1. O autarca também é médico pediatra e homeopata.

14h58 Irão regista 2.751 novos casos em 24 horas. O Irão registou 2.751 novos casos da doença Covid-19 nas últimas 24 horas, o que constitui o mais alto valor de novas infeções diárias em dois meses, indicou hoje o Ministério da Saúde iraniano.

14h57 Portugal com perdas acima de 2% do PIB devido à quebra no turismo. Portugal está entre os países que deverão ter perdas no setor do turismo superiores a 2% do Produto Interno Bruto (PIB) devido à pandemia de Covid-19, de acordo com um relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) hoje divulgado.

14h56 Apenas menos de um quarto dos educadores de infância "foram testados". Menos de um quarto dos educadores de infância inquiridos pela Federação Nacional dos Professores (Fenprof) fez teste à Covid-19 antes de voltar ao trabalho, segundo os resultados de uma consulta da organização sindical aos profissionais.

14h00 Distanciamento social em 46 países evitou 1,57 milhões de casos. "Trata-se de uma prova clara de que as medidas de distanciamento social podem coletivamente ter um tremendo impacto na redução da transmissão do SARS-CoV-2, e incentivamos os indivíduos a praticá-lo para ajudar a controlar a disseminação de novas infeções", dizem investigadores do Centro Oncológico MD Anderson, da Universidade do Texas, nos Estados Unidos.

13h52 - Covid matou mais de 694 mil pessoas e infetou mais de 18,3 milhões. A pandemia de Covid-19 já matou pelo menos 694.507 pessoas em todo o mundo desde que o vírus foi detetado na China, em dezembro, refere o último balanço feito pela Agência France-Presse (AFP) com base em dados oficiais.

13h43 - Recuperados são o dobro dos novos casos de infeção, hospitalizações crescem. O número de doentes dados como recuperados é hoje de 207, um número acima do dia anterior (127), e quase o dobro do número de novos casos de doentes infetados (112). Um dado menos positivo são as hospitalizações, que se fixam hoje nos 401, mais 11 do que na véspera. Já na segunda-feira tinham sido anunciadas mais 12 hospitalizações, ou seja, dois dias consecutivos em que este número cresceu, algo que não acontecia há várias semanas.

13h35 - Portugal com mais uma morte a 112 novos casos. O relatório epidemiológico da DGS indica, esta terça-feira, que Portugal contabiliza 1.739 mortes associadas ao novo coronavírus, mais uma do que ontem, dia em que não se registou nenhuma morte pela primeira vez desde março. Quanto aos casos de contágio, o total é agora de 51.681, mais 112 do que na véspera.

13h25 Filipinas regista recorde diário de casos no início do reconfinamento. As Filipinas registaram hoje 6.352 novos casos da covid-19, um recorde diário para o país e todo o sudeste asiático, no primeiro dia de reconfinamento em Manila e quatro províncias contíguas devido a uma nova vaga de contágios.

12h50 Sindicatos médicos exigem recrutamento de recém-especialistas. Os sindicatos médicos exigiram hoje ao Governo a abertura imediata dos concursos de recrutamento de médicos recém-especialistas, considerando inaceitável o incumprimento dos prazos estabelecidos por lei.

12h30 Açores sem novos casos nas últimas 24 horas. Os Açores não registaram nas últimas 24 horas novos casos de covid-19, mantendo atualmente 17 casos positivos ativos, todos na ilha de São Miguel, anunciou hoje a Autoridade de Saúde Regional.

12h08Lar do Porto com 34 utentes e 10 profissionais infetados. Quarenta e quatro pessoas de um lar do Porto, das quais 34 utentes e 11 profissionais, estão infetadas com Covid-19, registando-se quatro internamentos, disse hoje à Lusa fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN).

12h00 - França diz que nova vaga é "altamente provável" no outono ou inverno. O conselho científico francês, que orienta o governo na gestão da pandemia, indica que é "altamente provável" que o país seja atingido por uma segunda vaga no outono ou no inverno. "A situação é precária e podemos, a qualquer momento, cair num cenário que está menos sob controlo, como em Espanha", indicaram os especialistas, num comunicado publicado pelo ministério da Saúde francês e citado pelo Le Parisien.

"É altamente provável que atravessemos uma segunda onda epidémica este outono ou inverno", acrescentam, sublinhando que se não forem respeitadas as medidas de distanciamento social, não podem excluir o retorno da epidemia já este verão.

11h53 Alemanha regista 879 novos casos e médicos falam em segunda vaga. A Alemanha identificou 879 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas e, de acordo com o sindicato dos médicos Marburger Bund, o país está a atravessar a segunda vaga da pandemia.

Ainda que esta segunda vaga não seja comparável à primeira, a presidente deste sindicato, Susanne Johna, avisou hoje que "existe o perigo" de os alemães arriscarem "tudo o que conseguiram até agora porque, simultaneamente, ignoram a sua existência e desejam regressar à normalidade".

11h30 - Automóvel denuncia problemas na atribuição do complemento para quem esteve em lay-off. A Associação Nacional do Ramo Automóvel (ARAN) denunciou hoje problemas na atribuição do complemento de estabilização aos trabalhadores em 'lay-off' durante trinta dias que não coincidiram com um mês civil.

10h38 Praxe deverá decorrer em Coimbra mas com uso obrigatório de máscara. A praxe em Coimbra deverá decorrer com o início do ano letivo e o regresso das aulas presenciais, afirmou hoje o responsável do Conselho de Veteranos, salientando que vai ser determinado o uso obrigatório de máscara nestas atividades.

9h48 Hospitais privados dizem que episódios de urgência caíram para metade. Os hospitais privados dizem ter sentido uma quebra para metade nos episódios de urgência por causa da pandemia de Covid-19, mas que no final de julho houve uma "recuperação muito significativa" nas consultas de especialidade.

9h19 - Bolsonaro veta indemnização para profissionais de Saúde infetados com Covid-19. O presidente brasileiro vetou na íntegra um projeto de lei que previa 50 milhões de reais para profissionais de Saúde que tenham ficado incapacitados por causa da Covid-19. De acordo com o G1, Jair Bolsonaro afirmou que o projeto é inconstitucional e contrário ao interesse público porque prevê "benefício" de indemnização "para agentes públicos, criando despesa continuada em período de calamidade, no qual tais medidas estão vedadas".

8h40 - 22 médicos morreram em estado venezuelano. Pelo menos 22 médicos morreram de coronavírus no estado venezuelano de Zulia, de acordo com o indicado à CNN pelo Colégio de Médicos local. "Está à vista de toda a gente que os profissionais médicos estão a pagar o preço mais elevado por causa da pandemia", disse a presidente do órgão, Daniela Parra. A mesma responsável acrescentou que foram recomendadas, às autoridades locais, medidas de proteção destinadas aos profissionais de saúde, como a redução da carga laboral e a compra de mais material de proteção pessoal. Zulia é o segundo estado mais afetado pela pandemia na Venezuela, com 3.421 casos confirmados.

8h15 - Polícia agredida na Austrália por pedir para usar máscara. Uma associação de polícias de Victoria, na Austrália, publicou uma imagem da agente de polícia que foi agredida na noite passada por uma pessoa que se recusava a usar máscara. A associação indicou que a agente de 26 anos de idade "regressou à esquadra com uma concussão e sem uma mecha de cabelo por ter pedido a alguém para usar máscara".

Sublinhe-se que o estado de Victoria registou mais 11 mortes e 439 novos casos de Covid-19, levando as autoridades a conceder "poderes extraordinários" à polícia para aplicar limitações de trânsito à população e multas até 5 mil dólares - um valor recorde no estado para multas aplicadas de forma imediata, diz o Guardian.

8h00 - Gilead solicitada a estudar medicamento que se mostrou promissor em gatos. Numa carta enviada a quatro agências governamentais que atualmente desenvolvem tratamentos e vacinas para a Covid-19, um grupo de ativistas pediu que a farmacêutica Gilead Sciences desse início ao desenvolvimento de um medicamento que já se mostrou promissor na cura de gatos doentes, avança o Guardian esta terça-feira.

7h40 - Nações Unidas alertam para uma "catástrofe geracional". O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, indicou, através das redes sociais, que o mundo está "num momento decisivo" para as crianças e os jovens. De acordo com Guterres, as decisões tomadas pelos governos durante a pandemia, no que diz respeito a educação, vão ter impacto em centenas de milhões de jovens e nas perspetivas de desenvolvimento dos países nas próximas décadas.

Segundo Guterres, até meados de julho, as escolas estavam fechadas em 160 países, afetando mais de mil milhões de estudantes, enquanto 40 milhões de crianças estavam fora da pré-escola. "Estamos perante uma catástrofe geracional que poderá desperdiçar um potencial humano incalculável, destruir décadas de progresso e exacerbar desigualdades enraizadas", disse, alertando para os efeitos "profundamente preocupantes" na nutrição infantil, casamento infantil e igualdade de género.

Este alerta surge no âmbito da campanha 'Save our future', para alertar para a importância de reabrir as escolas assim que a transmissão local esteja controlada e priorizar financiamento para as escolas.

7h23América do Sul e Caraíbas ultrapassam os cinco milhões de casos. O número de casos de Covid-19 na América do Sul e Caraíbas ultrapassou, na segunda-feira, a barreira dos cinco milhões, segundo uma contabilização da agência France-Presse.

7h19China deteta 36 casos nas últimas 24 horas. A China registou 36 novos casos confirmados de coronavírus na segunda-feira, 28 dos quais contágios locais na região oeste de Xinjiang, onde um surto surgiu há três semanas, informou hoje a Comissão Nacional de Saúde.

7h15México com 266 mortos e 4.767 infetados em 24 horas. O México registou 266 mortes e 4.767 casos de infeção com o novo coronavírus, anunciaram as autoridades.

7h08Timor-Leste regista novo caso, primeiro desde 15 de maio. Timor-Leste registou hoje um novo caso de Covid-19, o primeiro desde 15 de maio, e o 25.º do país desde o início da pandemia, disseram à Lusa fontes do Ministério da Saúde.

7h04EUA com 532 mortos e mais de 48 mil casos nas últimas 24 horas. Os Estados Unidos registaram 532 mortos e 48.463 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo uma contagem independente da Universidade Johns Hopkins.

7h00 - Iniciámos um novo registo. Clique aqui para consultar as atualizações da noite de segunda-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório