Meteorologia

  • 11 AGOSTO 2020
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

Morreu de Covid-19 homem que não usava máscara. "Não cedo a modas"

"Deixem-me ser claro. Não vou comprar a porcaria de uma máscara", disse, em abril. Morreu por causa das complicaçãoes da doença, no dia 4 de julho.

Morreu de Covid-19 homem que não usava máscara. "Não cedo a modas"

Richard Rose, um veterano do exército de 37 anos de idade, morreu devido às complicações da doença Covid-19, no passado dia 4 de julho, depois de ter afirmado, nas redes sociais, que se recusava a usar máscara por não ceder a "modas".

O homem, que serviu no exército durante nove anos, morreu em casa, em Port Clinton, Ohio, alguns meses depois de ter feito nas redes sociais uma publicação onde dizia recusar-se a usar máscara.

"Deixem-me ser claro. Não vou comprar a porcaria de uma máscara. Cheguei até aqui sem ceder a modas", escreveu, a 28 de abril.

Richard fazia várias publicações sobre as suas saídas numa altura em que se pedia para as pessoas não fazerem ajuntamentos. Aliás, o homem terá contraído o vírus depois de uma ida a uma piscina pública, onde estavam várias pessoas desprotegidas.

Quando adoeceu, as suas publicações foram mudando de tom: "Isto da Covid é uma treta. Estou sem fôlego só de estar sentado". E agora, as suas publicações têm sido partilhadas nas redes sociais como forma de sensibilização para os perigos da doença e a importância de seguir as recomendações das autoridades de Saúde.

Richard é, também, alvo de muitas críticas e escárnio. A sua família pede compaixão. "Devemos ter compaixão, quer concordemos ou não com as crenças de uma pessoa. Foi uma pessoa que morreu e devemos ter compaixão", disse um amigo à imprensa local.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório