Meteorologia

  • 05 AGOSTO 2020
Tempo
33º
MIN 19º MÁX 34º

Edição

Termina hoje prazo dado por Maduro para embaixadora da UE deixar Caracas

O prazo dado pelo Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, para que a delegada da União Europeia (UE) no país abandone Caracas termina hoje, desconhecendo-se, para já, qualquer indicação sobre uma eventual revogação da decisão.

Termina hoje prazo dado por Maduro para embaixadora da UE deixar Caracas

Na segunda-feira, poucas horas depois de Bruxelas ter sancionado 11 funcionários de Caracas, Maduro decidiu expulsar a diplomata portuguesa Isabel Brilhante Pedrosa, em funções na Venezuela desde fevereiro de 2018, dando-lhe 72 horas para abandonar o país.

Os sancionados são acusados de "atuar contra o funcionamento democrático da Assembleia Nacional (parlamento) e de violar a imunidade parlamentar" dos deputados, inclusive do líder opositor e presidente daquele órgão, Juan Guaidó.

No dia seguinte, o chefe da diplomacia europeia condenou a expulsão e garantiu que serão tomadas medidas de "reciprocidade" em resposta à decisão de Maduro.

Também Portugal, além dos Governos da Colômbia, Bolívia e Paraguai, condenou a expulsão de Isabel Brilhante Pedrosa, com o Ministério dos Negócios Estrangeiros português, numa nota oficial na rede social Twitter, a manifestar "firme repúdio" pela decisão de Maduro e a considerar que a medida não contribui para resolver a crise política na Venezuela.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório