Meteorologia

  • 07 AGOSTO 2020
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 33º

Edição

Conselho de Segurança da ONU chamado a votar resolução sobre cessar-fogo

França e Tunísia exortaram hoje os seus parceiros no Conselho de Segurança da ONU a votar uma resolução que apela a um cessar-fogo global, de forma a facilitar a luta contra a pandemia da covid-19, indicaram fontes diplomáticas.

Conselho de Segurança da ONU chamado a votar resolução sobre cessar-fogo
Notícias ao Minuto

18:56 - 30/06/20 por Lusa

Mundo Covid-19

O resultado da votação, que será feita por voto escrito uma vez que os trabalhos do Conselho de Segurança da ONU estão a decorrer por meios virtuais por causa da pandemia do novo coronavírus, é aguardado para quarta-feira.

Alvo de intensas negociações há mais de três meses, este projeto de resolução visa apoiar um apelo, de contornos semelhantes, que foi feito em 23 de março pelo secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres.

Ao longo dos últimos meses, o texto tem sido alvo do bloqueio por parte da China e dos Estados Unidos, uma vez que os dois países divergem sobre o destaque a ser dado à Organização Mundial da Saúde (OMS) no documento.

Consultado pela agência France Presse (AFP), o novo texto já não contém um parágrafo referente à OMS.

O novo projeto de resolução, tal como o texto antecedente, centra-se na exigência de "um cessar imediato e abrangente das hostilidades" em todos os conflitos referenciados na agenda do Conselho de Segurança, à exceção da luta contra os grupos 'jihadistas'.

O documento apela "a uma pausa humanitária de pelo menos 90 dias consecutivos" para facilitar a assistência internacional às populações.

No preâmbulo, o texto recorda uma resolução adotada em 02 de abril pela Assembleia-Geral da ONU sobre a necessidade de uma solidariedade global para combater o novo coronavírus.

A França, a par do Reino Unido, Estados Unidos, Rússia e China, é um dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU que têm direito de veto.

Em 2019, a Tunísia foi eleita membro não permanente deste órgão decisório da ONU, que tem a capacidade de fazer aprovar resoluções com caráter vinculativo, para o biénio 2020-2021.

Desde que o novo coronavírus foi detetado na China, em dezembro do ano passado, a pandemia da doença covid-19 já provocou mais de 505.500 mortos e infetou mais de 10,32 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência AFP.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório